domingo, 9 de outubro de 2011

Sempre a somar!

Na madrugada de sábado, da semana passada, tivemos uma noite de rock'n'roll!

Acessos de tosse repentinos, com respiração sibilante e asfixiante, daquelas a que estamos habituadíssimos mas TRÊS, numa só noite, foi uma dose excessivamente grande que deixou o Xavier sem voz e como estava muito queixoso, por precaução, levámo-lo à urgência.

O pediatra diagnosticou-lhe uma laringite estridulosa [como eu esperava] e deu-nos indicação para fazer o Celestone ou, se preferíssemos começar por uma dose mais light, o Pulmicort, uma inalação de manhã e outra à noite.

Optei pela versão mais leve, como habitualmente faço, para ver no que ia dar até porque ele foi passando o fim de semana bem e, se não fosse a voz rouca, ninguém diria que este rapaz tinha acordado toda a vizinhança, e arredores, há duas noites atrás!

Mas eis que, na madrugada de terça-feira, surge outra dose de tosse constante, que corta o coração de qualquer um, acompanhada de temperaturas na casa dos 39 graus, que não baixavam...

Sentindo-o muito apático, apesar da agitação que a tosse provoca, lá voltámos ao “nosso” hospital [bem dizes tu S., que um dia destes dão-nos um cartão de cliente... e dos VIP!] com receio dele ter uma convulsão!

Contas feitas, tivemos: tosse + laringite estridulosa + adenoides infecionadas + ranho amarelo + febre = antibiótico [Clavamox ES – 5ml de 12/ 12h] + cortisona [Celestone – 50 gotas 2 vezes/ dia durante 3 dias] + antipirético.

Por hábito, nestes casos, espero sempre os três dias da praxe até avançar com medicação e, na maioria das vezes, consigo evitar dar-lhe “drogas” que, com o tempo, vieram a verificar-se desnecessárias.

Apesar da questão “e se tivesse dado logo o Celestone teria evitado o antibiótico?” ficar no ar a espera, ainda que angustiante, continua com um saldo positivo!

[•••]

Nota Pessoal – Por indicação da pediatra Dr. M, adiámos, uma semana, a segunda toma do Ribomunyl e da Istivac, que será dada uma semana após o término do antibiótico.

13 comentários:

mãe pimpolha disse...

As melhoras do Xavier.
Beijocas

Mara disse...

Ai Teté... é de ficar com o coração nas mãos... O João desde que começou a ir ao jardim-de-infância que arranjou uma nova e constante amiga: a tosse. Penso em vocês constantemente e na aflição que têm passado este tempo todo.
Quanto à medicação, nem vale a pena pensares nisso. A Rita antes de ter a pneumonia também fez o Celestone para a bronquiolite e olha no que deu. A infecção evoluiu e foi parar ao hospital na mesma... Há coisas que, por muito que nos custe, não conseguimos mesmo controlar.
Beijinhos grandes, as melhoras do Xavier e um Xi bem apertadinho para ti.

Maria Vicente disse...

As melhoras.
Poxa que realmente uma pessoa nem sabe que fazer.
A ultima da minha foi igual, febre, garganta, uma coisa horrivel. Segundo o médico que a viu tinha uma bactéria resisitente na garganta...enfim...
Beijinho e as melhoras

Matilde e Dinis disse...

As melhoras

Beijinhos

PatLeal disse...

Oh! pá, as melhoras, cuidado com o Pulmicort, fazia aftas ao João mesmo de depois de lavar mto bem a boca e lingua. Espero que agora esteja melhor.

Já tens mais uns cabelos brancos para a colecção?

Bjocas

kel disse...

ó minha querida, vocÊs andam sempre nisto :( por cá como sabes tb andamos com medicação e a tosse começa a dar sinal de melhoras. O que me preocupa nem é a tosse em si que sei que é uma defesa do organismo, o pior é as companhias que ela trás e desta vez a ranhoca por cá foi mais que muita e atacou logo os ouvidos. As melhoras para o Xavier e que venham melhores dias para que o Inverno se passe sem ites e companhias. beijos e melhoras.

Diogo Miguel disse...

Oh Tété...que aborrecido! Tadinho do menino! Espero que esteja melhor. beijo

Mafalda S. disse...

Que chatice :(
As melhoras!!

Sofia disse...

Um beijinho muito grande e as melhoras para o Xavier.

Mamã da Caroxinha disse...

Felizmente o susto maior já passou, mas realmente ele quando as arranja é em força :(
O " e se..." nem adianta ponderar é fazer o que nos diz o coração e pronto!

beijocas

Velu disse...

Olá TéTé, eu sabia que a tua ausencia tinha um motivo!!
As melhoras para o Xavier!
Essa amiga, dos nossos meninos, tipo "cola", que é a tosse teima em não os abandonar.
O Ricardinho também anda com tosse, já esteve bem pior. Vai começar a fazer o Ribomunyl a ver se aguenta melhor o Inverno! A ver vamos!
Bjs

disse...

Que coisa...e prevenção, fazem alguma?
Alem das vacinas...nós fizemos 2 meses de biocol kids FRT parámos 3 semanas e iniciei SOS imune (propolis equinacia, vitamina C e zinco), tudo produtos naturais, mas claro que já tenho a "fabrica de ranho" em grande produção cá por casa...apesar de achar que este ano a Margarida está a reagir melhor, mas tb o inverno ainda não começou...
E este ano estou-me a iniciar no rybomunil
Espero que entretanto esteja tudo bem melhor!

SarDi disse...

Raios partam essas bicharadas que não vos largam... :(
Que vão para bem longe e que este seja um Inverno tranquilo.

Beijocas