quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Só por hoje

Só por hoje, vou tentar viver através das próximas 24 horas... Não com a expectativa de superar a morte da minha filha, coisa que faço desde o dia 18 de Outubro de 2006, mas aprender a viver com isso... um dia de cada vez!

Só por hoje, vou lembrar a sua vida dentro de mim, não a sua morte, e relaxar no conforto dos dias preciosos que tive com ela.

Só por hoje, vou perdoar toda a família e amigos que não me ajudaram, ou me confortaram, da maneira que eu precisava… certamente, eles não sabiam como.

Só por hoje, vou-me livrar deste fardo autoinfligido de culpa porque, no fundo do meu coração, sei que se houvesse alguma coisa neste mundo que eu pudesse ter feito para salvar a minha filha da morte, eu tê-lo-ia feito!

Só por hoje, sem me importar o quanto estou ferida por dentro, vou sorrir para que o meu coração amoleça e eu comece a curar-me. Talvez…

Só por hoje, vou-me permitir ser feliz e me divertir, porque sei que, ao [tentar] seguir em frente não estarei a abandonar a minha Matilde.

Só por hoje, vou aceitar que NÃO morri com a minha filha… A vida continua e eu sou a única pessoa que pode fazer com que ela valha, novamente, a pena.

16 comentários:

PatLeal disse...

Um bjinho grande!!!

Vânia e Mariana disse...

Um beijinho muito, muito grande.
E um abraço bem apertadinho.

Ana disse...

beijos gigantes!

Rute disse...

Força! Beijinhos

Sara disse...

:( Nem sei que te diga, acho que não há palavras que possam confortar um coração ferido dessa forma, apenas te posso mandar carinho, amizade e amor para apaziguarem essa dor. Foste abençoada com um outro filho maravilhos para te ajudar a sarar essa ferida, ele merece ter o teu coração sereno.
Beijinhos daqui até ao céu.

Beta disse...

São boas resoluções. Beijinhos e fica bem.

Maria Pereira disse...

Um beijinho muito apertado, bem sei que a dor nunca passa...

<3

Mara Quinta disse...

Gosto muito de ti.
Beijinho no <3

Ni! disse...

Bolas. Fiquei com um nó na garganta. Muita força e coragem. Beijo.

Marlene, Simão e Martim disse...

Um beijo minha querida.

persiana/Raquel disse...

beijjnhos grandes! felizmente é uma dor que desconheço, mas deve ser dilacerante....
bjs

Sílvia disse...

Um abraço muito forte para ti e um beijinho grande para a estrelinha lá em cima.

E apesar de tudo ainda tiveste ânimo e força para me ligar, e ficar contente por mim... nem sei que te diga por isso. Acho que um obrigado não chega, pois não?

Barriguita disse...

Gostei de ler as tuas palavras e não pude impedir que as lágrimas aparecessem...

espero que tudo isto não seja só hoje... que continues a seguir em frente, sem esquecer a tua Matilde, mas vivendo a vida que mereces.

Um beijinho enorme.

mãe pimpolha disse...

Um beijo para ti.

Maria Vicente disse...

Um abraço do tamanho do mundo para ti.
Imagino que seja uma data dificil.
Muitas vezes as pessoas nem conseguem confortar nesses momentos dificeis, nem é por mal é porque nem sabem bem que fazer e depois pecam por nada fazerem. Passei por isso na doença do homem lá de casa.
Beijo grande para ti.

Mãe das Marias disse...

Minha querida, depois de ler estas palavras só me apetecia dar-te um abraço muito apertado!!!
Vive e sê feliz, por ti, pelo teu filho, por ela... só assim estarás a honrar a Grande Mãe que és!

Um abraço do tamanho do mundo para ti*