segunda-feira, 12 de março de 2012

Mais uma consulta de especialidade...

Com as constantes infeções respiratórias que o Xavier faz na laringe, e por indicação da pediatra que o costuma ver nas urgências, no dia 27 de fevereiro, consultamos uma alergologista/ pneumologista pediátrica, que inclusive já o tinha consultado em um episódio de urgência, no ano de 2009.

Mal começamos a conversar, apercebi-me que a médica já tinha feito o "trabalho de casa" e estudado o processo do Xavier, o que demonstra profissionalismo e interesse pelos seus doentes.

Questionou-nos se o Xavier, em bebé, bolçava muito e, após termos respondido afirmativamente, disse-nos que acontece, muitas vezes, os ácidos que o estômago produz subirem e ferirem a garganta deixando-a mais fragilizada.

Para ter a certeza se é este o problema do Xavier, o ideal seria fazer uma endoscopia [e tendo eu feito três, no momento que ela pronunciou en-dos-co-pia até me arrepiei…!] mas, salvo casos extremos, ela nunca submete uma criança tão pequena a este exame, nem mesmo a análises clínicas porque prefere, primeiro, controlar os possíveis problemas através de medicação.

Assim sendo, receitou-lhe um antiácido, o Nexium para crianças [1 saqueta/ dia], para ser dado em jejum e mandou retirar o Budesonida, que estava a fazer na aerochamber, e substituir por outro corticosteróide, o Avamys [1 pulverização/ dia em cada narina], visto que o outro não estava a fazer efeito.

Voltaremos a ter nova consulta em abril, para que ela possa reavaliar o efeito da medicação e o seu estado que, infelizmente continua na mesma… é mesmo como a Dra. I. diz, que a laringe é o calcanhar de AQUILES do Xavier e, como tal, só irá passar com a idade.

[•••]

Em finais de novembro de 2011, tínhamos consultado outra especialista na Clínica de Dermatologia Dr. Fernando Ribas, no Porto, mas depois de mais de duas horas à espera, onde as funcionárias não tiveram a decência de nos irem informando sobre o atraso, saí de lá com os cabelos, literalmente, em pé!

Manter uma criança [até mesmo uma que sempre foi boa doente e que nunca chorou em consultas médicas] sossegada, por tanto tempo, foi impossível… resultado: pela primeira vez, o Xavier chorou ao ponto de mal conseguirmos ouvir a médica o que, à mistura com o meu estado de nervos, após ter reclamado, não pelo atraso mas pela falta de informação durante a longa espera, deixou-me tão cega com os nervos que já não ouvi nada nem ninguém…!

6 comentários:

PatLeal disse...

O João tb faz o avamys em sos. E tb bolsava mto em bebe, fazia refluxo, e a pediatra tb tinha comentado que podia ser isso que faz o João andar assim tb.

Bjocas e as melhoras

Marlene disse...

Olá,

Precisava mesmo de um bom alergologista/pneumologista para o meu João que tb fez imensas infecções respiratórias. Agora que está acrescer parece felizmente estar a mehorar mas preciso saber o que provoca as crises de tosse e a companhia.

Algum conselho?

SarDi disse...

Esperemos que com essa medicação se resolva o problema.

As melhoras.
Beijocas

Sandra disse...

Com esta nova medicação o Xavier vai melhorar, vais ver...

Beijinhos

Velu disse...

Olá TéTé, por cá a laringe também é o calcanhar de aquikes do Ricardo e também já foi do Diogo!
Tenho de marcar consulta coma a pediatra do Ricardinho para ela o avaliar e talvez encaminhar para alergologia!
Bjs

Mamã da Caroxinha disse...

Espero que agora com esta medicação ele comece a melhorar!
O avamys é excelente a Laura já fez uns meses e por vezes em sos ainda recorro a ele, espero que resulte com o Xavi.
Do dermatogolista sem comentários...já tinhamos falado sobre isso...
beijocas