terça-feira, 18 de outubro de 2011


As palavras de despedida não foram ditas, não houve tempo para dizer adeus... tinhas partido antes que eu percebesse, e só Deus sabe porquê...

Filha... como eu GOSTARIA de "caminhar" até o Céu para trazer-te para casa!

[•••]

O relógio marcava 23:36 horas quando a nossa Matilde nasceu, já sem vida, no dia 18 de outubro do ano de 2006.

22 comentários:

PatLeal disse...

:(. Bjocas com carinho.

Lice disse...

Nem consigo imaginar a dor que possa ser ... :(
Apenas deixo um beijo num dia que deve ser ainda mais dificil!

Mara disse...

Querida Teté... é um vazio que fica para sempre...
Um beijinho e um xi apertadinho.

Velu disse...

Oh, TéTé, um grande abraço com muito carinho nestes momentos!
Agora entendo o teu post anterior, e infelizmente também ouvi (agora já nem tanto) dessas "pérolas" como tu dizes. Penso que só quem passou por essa dor é que sabe dar valor, então já nem desabafo com ninguém de fora, prefiro sofrer no silêncio!
Bjs grandes

Ni! disse...

Um beijinho grande.
Ni

Barriguita disse...

não tenho as tais palavras mágicas... mas sabes que estarei sempre aqui.

um xi enorme!

Mamã da Caroxinha disse...

Lamento muito amiga...mais uma vez as palavras não chegam para te fazer sentir bem, mas sabes que estou aqui.
Um grande beijo de muita força e coragem!
Só Deus sabe porque a levou e sabes que era o melhor para ela, por muito que te magoe...
Espero que um dia encontres forma de lidar com esta dor em paz!

Beijocas

Sofia disse...

Amiga,
Uma beijoca grande e um xi apertadinho.

Mãe da Tiz disse...

Minha querida, um beijão muito grande nesse coração dilacerado por uma dor, que eu espero nunca sentir!!!

Força para continuares em frente!

Vânia e Mariana disse...

:(
Beijinho grande

Rute disse...

Não existem palavras para a conformar, nem consigo sequer imaginar a sua perda....
Um beijinho daqui até ao céu para a Matilde

Sara disse...

Um beijinho no fundo do teu coração de mãe, sei que nada poderá fazer desaparecer essa dor imensa mas espero que o carinho e o amor que seguem deste lado possam ajudar a atenuar um bocadinho que seja o teu sofrimento. A Matilde estará por certo lá em cima a olhar por vocês.

Diogo Miguel disse...

:-( Bjinho grande!

Patricia disse...

nem tenho palavras... um bj....

Maria Vicente disse...

Abraço forte miga.

Raquel (persiana) disse...

:(
bjs

mãe pimpolha disse...

Um beijo enorme.

Sandra disse...

Beijinho grande...

kel disse...

Um beijo no teu coração e uma oração para lá do arco iris num local lindo e cheio de flores onde está um anjo chamado Matilde. Beijo grande amiga.

Marlene, Simão e Martim disse...

Querida Teté,
Não sei que te dizer, porque todas as palavras que existam não chegam para apaziguar o teu sofrimento, a tua dor.
Só posso deixar aqui um abraço apertadinho e um beijo doce.

Sílvia disse...

Lamento muito, amiga, todo esse sofrimento.
Beijinho grande!

SarDi disse...

Lamento essa tua dor que nunca irá passar.
Não existem palavras bonitas que confortem um coração assim dorido e magoado mas existem pessoas à tua volta que ajudam a apaziguar um pouco a dor.

Beijocas ♥