terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

A psicologia da chupeta

Tinha destinado aproveitar a época natalícia, e a vinda do Pai Natal cá a casa, para que este levasse consigo as chupetas do Xavier [falo no plural porque ele dorme com três chupetas: uma na boca e uma em cada mão].

Inclusive, expliquei-lhe todo o "processo", que em resumo passava pela necessidade maior que os bebés têm, em usarem chupetas porque, ao contrário dele, estes eram muito pequeninos.

Ele nunca se negou a fazê-lo mas com a aproximação do dia, além de dizer que era 'piquinino', ficou tão viciado nas ‘pépés’ que mais parecia um fumador inveterado!

Deixar a chupeta é um processo que mexerá com a sua tranquilidade e descanso por isso cheguei à seguinte conclusão:

Eu, ainda não estou PREPARADA para largar as chupetas do Xavier, assim sendo, irei adiar este passo até que as noites fiquem mais amenas (o;

●•TéTé•●

12 comentários:

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Qq dia quando menos esperares ele larga-as ;)

Maria disse...

Hehehe
Isso de também nós termos que estar preparados é o que digo à minha filha, por motivos diferentes claro, aqui é mais no dosear das saídas e tudo isso, mas que é uma grande verdade é!
Quanto à chupeta, ela foi mais o dedo e aí não há Pai Natal que nos valha... Vamos ver agora a pequenina mas para ela ainda há tempo ;)
bjs

mãe pimpolha disse...

Ele lá decidirá a altura certa.
A chucha já não mora cá em casa, o dificil vai ser a mama.
Beijocas

SONHADOR disse...

vai com o tempo.

beijos.

E.M disse...

Minha querida... estou tão a teu lado!
Como eu queria NÃO tirara a chupeta ao Gui... nele, é um caso de necessidade... e, de cada vez que tento falar sobre isso, só aumento a ensiedade que envolve o tema... por isso... vamos na mesma onda que vocês... ;-)
Às vezes, de noite, consigo sacá-la sem que note e coloco-a num cantinho da cama. De manhã lá está ela, na boca rosada do meu filho. P.s - o Gui precisa mesmo tirar... por causa da dificuldade que já sabes... mas é mesmo difícil... ele adoooooooooooooooooora a sua "pê" :-)...
Novidades? Tens?
Beijosssssssssssssssssssss

disse...

Interessante...aqui por casa deu-se o mesmissimo fenómeno; qd falei em deixar a xuxa apegou-se muito mais..desisti...

Barriguita disse...

tem mesmo de partir deles. por cá, a técnica foi a do Pai Natal. confesso que achei que ele ia espernear e gritar, mas decidiu ele meter todas numa caixa, trocou-as por presentes, e não houve mais chupeta.

tal como em muitas outras coisas (chupeta, fraldas, sesta e afins) não há o tempo certo, já que cada um tem o seu ritmo. ainda que os pediatras digam que a partir de não sei que idade começam a ficar com os dentes deformados, cada mãe sabe de si e dos seus. e se há coisa que aprendi foi a não cuspir para o alto!!!

lá chegará a altura do Xavier. E não stresses com isso.

Bjos

persiana disse...

lol
a xavier é a minha alma gémea! a minha mãe diz-me q eu era igual! sp com 3 chuchas!
Só larguei a chucha aos 5 anos e com pimenta na mesma... uma desgraça!!!
boa sorte!
bjs

Sandra Silva disse...

Amiga..em relação ao assunto chucha, o conselho que dou é que tem que partir deles essa decisão, nós podemos dar a introdução, mas a palavra final tem que ser deles, pois caso contrário não resulta e volta a trás. Tenta reduzir para usar só quando vai dormir...e entretanto vais ver que o homenzito vai deixando...O Tomás surpreendeu-nos e atirou-a para a lareira, foi de um dia para o outro, mas foi ele..andou 2 ou 3 dias confuso, mas portou-se como um Homem!Vais ver que quando ele se sentit preparado, vai tudo correr bem..dá só o empurrãozito.
Bjs
Sandra, Tomás e Bebé :)

E.M disse...

Força...!
Será????
bjssssssssssssss

Anabela disse...

Sem stresses o dia chegará.
E acima de tudo ele e tu tem de estar preparados e vais dar conta disso.
Cada um com seu ritmo.

Beijocas

Anónimo disse...

Ai Teté, encontro-me no mesmo dilema que vc... Eu acho que estou menos preparada que a ISabela pra retirada da chupeta pois ela quando esta cansada fica muuuito agitada (querendo espantar o sono) e só consegue se acalmar com a chupeta e paninho. Ela vem prometendo largar aos 4 anos, mas sei que essa promessa não tem lá muita validade. Ontem tentei um teste. Como ela ficou mordendo o bico da chupeta e acabou furando, tive que jogar fora e disse-lhe que nao tinha dinheiro pra comprar outra naquele momento. Arrisquei ela dormir sem. Ela chorou bastante e dizia que não aguentava ficar sem a chupeta. Trouxe-a pra minha cama, cantei umas musiquinhas e fiz um cafuné que ela de tao exausta acabou por dormir. HOje cedo antes de trabalhar dei pro papai a chupeta nova pra que lhe entregasse caso acordasse muito cedo. Nao sei ainda o resultado, mas o pior acho que não é pegar no sono e sim se acalmar quando esta agitada e cansada. Vou marcar um dentista pra olhar a arcada dentaria e verificar se tudo esta no lugar e perguntar-lhe se podemos diexar ate os 4 anos... Até lá vamos orando pra que ela se desprenda da boa amiga...
Ah, mas achei engraçadissomo o Xavier dormindo com uma chupeta em cada mão...haha... criança tem cada uma...
A Isabela nao fica de chupeta sem o paninho e vice versa. Os dois são inseparaveis... Mas me preocupa o vicio nesta bendita...
Sempre que tiver novidades do Xavier em relação a este assunto, poste no blog pra eu acompanhar suas experiencias e tentar aplicar lá em casa....
Um grande beijo
Amanda e Isabela