domingo, 6 de junho de 2010

Desfralde: a [nossa] verdade

Ao deambular pela internet, após uma pesquisa feita no Google através da palavra desfralde, constato que raramente são relatados casos sem êxito ou, até mesmo, de retrocesso.

Regra geral, tudo corre com rapidez e sem deslizes, que nem um estalar de dedos!

Ainda que poucas pessoas o admitam, ninguém pode negar que, perante estes relatos, não se tenha interrogado do motivo pelo qual não acontece o mesmo com o seu filho.

Pois bem, aqui estou eu para declarar o que me vai na alma!

Ando desanimada com o desfralde do Xavier, que após 13 dias sem fralda durante o dia, tem-se descuidado mais do que quando lhe tirámos a fralda, a meio termo, pela primeira vez.

E não me queixo dos xixis, que com esses posso eu bem… /o:

O meu rabo ganhou uma nova forma... está QUADRADO, do tempo que passo sentada no chão, junto dele, nas suas idas ao pote.

E isto acontece em casa, onde os obstáculos ainda vão sendo contornados, porque no que toca a saídas à rua, são sinónimo de grandes trouxas de roupa para lavar!

E a sua relação com as sanitas...?!? Pavor total, sejam elas de adultos ou de crianças.

Agora digam lá, independentemente de cada criança ter o seu timing, ritmo ou lá o que quiserem chamar-lhe, que nunca sentiram 'inveja' das crianças que deixam as fraldas de uma forma célere e sem contratempos?!?

Confesso que sinto uma pontinha de 'inveja', inevitavelmente, ainda que isenta de qualquer maldade, até porque este processo sempre me deixou bastante apreensiva.

Mas como o que custa é começar, com a minha grande obstinação [leia-se teimosia], mal corre se não darei este processo como terminado, até Agosto, caso contrário voltaremos à fralda até aos 18 anos!

●•ƬéƬé•●

30 comentários:

T. disse...

Ola Tete
O Xavier ainda eh novinho!! As minhas teem 30 meses e nada de desfralde! O mais velho fizemos uma tentativa aos 28 meses, nada bem sucedida... voltamos a tentar 3 meses depois em conjunto com o infantario e sucesso!
Nao te stresses, ontem li um artigo da Pais & Filhos que so vem reforcar o que a pediatra dos meus filhos dizia " sao as criancas que nos dizem que estao preparadas e nao o contrario!", o pediatra que referiam no artigo dizia que so se comeca a preocupar se uma crianca nao estiver desfraldada aos 4 anos... tenho uma prima pequena que desfraldou com 18 meses mas porque?? Porque estava com a avo desde os 4 meses e a sra desde que a miuda se comecou a sentar a punha no bacio a horas certas! A crianca habituou-se desde muito cedo aquele ritual e aos 18 meses fazia tudo na sanita com um redutor! Se tenho inveja destas criancas? Nao...faz-me sempre lembrar os caes do Pavlov...
Nao vou ficar mais rica por poupar uns quantos pacotes de fraldas nem mais enjoada por mudar mais umas cagadas monumentais...irrita-me sim os comentarios das pessoas " ai tao grandes ainda de fraldas???" ao que costumo responder" quando estiverem prontas deixam as fraldas numa semana e sem xixis pelas pernas abaixo!"
Don't worry, be happy!!!
Beijinhos

Lebasiana disse...

No Verão passado, ainda o Pedro não tinha 2 anos, tentei fazer o desfralde... consegui que nunca mais fizesse coco na fralda, MAS ele ainda se descuidava algumas vezes nos calções!
Entretanto fez dois anos e veio o frio... não o queria doente, nem com frio e desisti do desfralde!
Quando chegamos a Angola, tinha ele 2 anos e 7 meses, retirei a fralda... ele descuidou-se uma vez... a primeira e NUNCA MAIS!

Tem paciência... eles têm um tempo próprio e NUNCA devem ser castigados! A única vez que o Pedro se descuidou, veio ter comigo a chorar, porque tinha molhado o carro das cuecas e ele tinha ficado doente! Lavei-o, ele pediu desculpa ao carro e prometeu que não o "magoava" mais... e não magoou, até agora! Lol...
Calma...

Beijocas!

Ana disse...

é bom que alguém mostre o lado menos positivo... eu estou a adivinhar um processo semelhante ao teu (espero estar enganada) pois o Gil é mesmo do contra, faz tudo para nos contrariar... por isso Obrigada! Assim sei o que esperar quando as coisas não correm na perfeição

Sara disse...

Olá!
Tenho um menino q faz 3 anos em setembro e tentei este fim de semana tirar a fralda aos poucos, tb confesso q nao foi facil e nao consegui...ainda!!! Claro q nao vou deisitrir, mas hoje no meu facebook escrevi q aceitava opiniões e sugestões do desfralde, tb pensei q fosse só o meu menino q demorasse mas pelos vistos não será o unico!!!
Não vou desistir afinal foram só 2 dias mas fiquei triste pq tb pensei q fosse mais fácil...Bjkas tudo de bom
sara

Sandra Silva disse...

Bom dia.
O Tomás anda aos poucos a habituar-se à ideia, desde o dia da criança que anda longos periodos de cueca. Na 6.ª feira foi uma desgraça de roupa para lavar. :) Este fim de semana correu muito bem. Estamos a falar do xixi...o cóco, ainda não fez sem ser na fralda! O sair de casa é que às vezes apetece retroceder e meter a fralda para não passar mal, mas nós não podemos baralha-los...vamos a ver como corre.
Boa sorte para todos..
Bjs
Sandra e Tomás

Barriguita disse...

pois... nisto não posso ajudar, até porque o meu filho foi um caso de sucesso mesma, mais do que esperava. a 1º tentativa em Agosto n deu certo e depois de uns 2 ou 3dias de constantes xixis no chão,pensei que ia usar fralda até aos 15 anos. em setembro, voltámos à carga por conselho da educadora e numa semana e meia, o rapaz estava completamente desfraldado. quase em simultaneo, fizemos o desfralde da noite e correu lindamente ( até hoje, desde setembro, conto pelos dedos de uma mão os acidentes à noite).

mas entendo o que dizes... por exemplo, no que toca a amamentação, nunca conseguimos e desesperei com tantos realtos felizes, qd eu nunca consegui amamentar. o mesmo se passa com as noites bem dormidas, já que nós até aos 2 anos nunca soubemos o que era não ter de acordar de 3 em 3h. é a tal "inveja" de que falas.

não desistas, se calhar ele não estava ainda preparado, mas de qualquer forma, agora se desistires só vais confundi-lo mais. muita persistência e muita paciência é o que precisas, e olha, conselhos milagrosos não tenho, varia de criança para criança. eu fui das que neste campo, tive sorte.

Sílvia disse...

Obrigado amiga, pelas tuas palavras... realistas!
Sou como tu... e tanto relato de "perfeição" e "rapidez" começa a enervar-me seriamente.
Aqui por casa estamos ainda na fase de meio termo, e esta semana que passou, com ela doente, nem tentei...
Mas estou muito desanimada mesmo... ela berra se a tento pôr no pote... e a obstipação... tudo piora nestas alturas.

Um dia de cada vez...

mãe pimpolha disse...

Só para te animar e veres que não estás sozinha. Eu tirei as fraldas 15 dias ao Edu e ele não acertou um unico xixi no bacio.
Desiti e adiei, não estava preparado e não me venham com tretas.
Não sei qd vou voltar a tentar porque nem sequer tenho vontade de passar pelo mesmo.
Beijocas

JUJUBIS disse...

Bem imagino que desanime mesmo, pq mesmo que não seja a morte é um saco ficar limpando xixis e mudando fraldas... Mas olha eu tentei isso com a Júlia, em Junho do ano passado na brincadeira mesmo. E eu não tava pra ter trabalho nem me estressar com isso então fazia o seguinte: em casa ela ficava sem fralda com o penico na sala. Foi fácil. Mas ela nunca ia por iniciativa própria, eu sempre que perguntava. Nem tentei na sanita com redutor, justamente pq eu não tava pra ficar levantando ela toda hora, pq ão sou nenhuma grua. Qd saiamos nunca nem me passou pelacabeça ela sair sem fralda. Apenas comprei as fraldas cuecas pra facilitar. Perguntavamos se ela queria fazer algo e levávamos, pq ela nunca quer. Brincar é mais importante. Comecei com isso em Junho, em casa foi mesmo muito rápido, em menos de duas semanas já fazia tudo sem acidentes. Qd saiamos eu notava q se nós não levassemos ela sempre fazia, pq nem lembrava de pedir. Mas com o tempo foi aprendendo a sentir e naturalmente foi pedindo. Fomos ao Brasil em Dezembro e até ai, embora ela já pedisse sempre, só lá q tirei de vez nas saídas por causa do calor. Hoje vejo que podia ter tirado as fraldas nas saidas muito antes, mas deixei foi por mim e não por ela. hehehehe
Fica certa de uma coisa, não é motivo pra te preocupares e tb não vai nessa onda que se ele usar fralda pra sair e não usar em casa fica baralhado que isso e tudo treta. Se eu tivesse ido nessa onda, minha filha até hoje não sabia comer sózinha, pq até mais ou menos 1 ano, sopa e papa só dei na mamadeira. Colher pra ela era um brinquedo de morder ! Eu nem sequer tentei dar nunca de colher. Colher só pros iogurtes e frutas. Dente só teve o 1º já passava de ano. Colinho teve todo e mais algum e ao contrário do que dizem, hoje é uma nojentinha que odeia dar beijos e abraços huahuahua. Com 1 ano não dizia nada além de mamã. Só andou com 14 meses e por ai vai... Agora hoje com 3 anos e meio o que importam todas essas coisinhas ? Com a idade dela hoje, todos já estão desfraldados, falam, correm, comem só, tem dentes etc.
A diferença ??? Com certeza que está apenas no stress a mais ou a menos dos pais.

NaRiZiNHo disse...

Cada criança tem o seu tempo.
eu estou a fazer pq o infantário tb começou. No 1º dia lavei 10 cuecas e 3 calções, e agora ando nas 1/3, depende. Não stresso, ele faz bem na sanita, no pote nem sempre, não gosta.
Ele não pede, de meia volta lá vamos com ele ao wc mas qd se descuida avisa logo e fica olhar para o chão, apontar, mesmo qd está com a fralda! :D
Não me importo se tiver que andar o Verão inteiro nisto, não stresso, tenho mt tempo :D, e faço-o agora pq considero que 3 anos é tarde e espero daqui a 1 ano estar a mudar fraldas a outro(a) e não me preocupar com as fraldas do MiNi.
Já tens o livro do potinho? Sabes que o meu filho n usava o pote em casa e desde que lhe ofereceram o livro do potinho ele começou aceitar o pote e ontem já fiz uns xixis lá. Aquilo é engraçado, por cada xixi no pote ele leva uma estrela :D.
:-*

Mamã Su disse...

Querida mamã, pois eu realmente não me posso queixar. É de facto um processo que depende muito das crianças, o importante é não desanimar. O Xavier poderá levar mais algum tempo do que estarias a pensar... ainda assim até aos 18 anos tem tempo ;). Calma e força, tudo vai correr bem. Um beijinho

Anabela disse...

Acho que cada caso é um caso e o timming de cada criança é diferente. Também é diferente a forma como encaram esta fase.
Confesso que ao ler isso imagino-me privilegiada porque o Diogo foi num ápice embora eu considere que as noites são um trauma já que existem mais acidentes do que eu desejava, mas claro nem tudo podia ser fácil.
No entanto não desesperes e dá tempo ao tempo que ainda te vais rir de tudo isto.
Embora já tenha passado mais de um ano do desfralde tem dias que com a excitação e brincadeira em casa ele faz uns pingos nas cuecas, é estranho e não sei explicar mas desconfio que tem algum prazer em fazê-lo já que, como li diversas vezes, eles sentem prazer em reter as fezes e urina.
O que o Diogo por vezes o que ainda faz é fazer uns pequenos pingos nas cuecas que nem sequer passam às calças e depois é que diz que quer ir ao xixi, é um comportamento estranho mas faz isso algumas vezes e por mais estranho que pareça é sempre em casa já que na creche ou rua nunca aconteceu.
Mas sem stress e com calma vais ver que ele chega lá.
Na creche a coisa tem corrido bem? Será que não se passa qualquer coisa por lá que esteja a causar algum tipo de stress ao Xavier?
E o coco ele ainda faz nas cuecas ou pede? É que por norma com os xixis é "normal" os descuidos serem mais mas com os cocos eles têm sempre tempo de pedir.

Beijocas

liliana disse...

Eu considero que tudo se trata de uma questão de tempo. Este ditará o momento certo, tal como o faz para os primeiros passos, para o falar,... enfim... para tudo!
Nunca puxei pelo Francisco para que começasse a andar (se fosse a comparar com outros bebés, diria que começou a andar muito tarde) nem nunca me preocupei com o assunto. Dei-lhe sempre o espaço de que precisava para o fazer quando assim o entendesse. O que é certo é que já mandou uns valentes malhos e NUNCA ganhou medo!

Por isso, será que o momento do Xavi já chegou?
Força!

Beijinhos

Mamã da Caroxinha disse...

Olá amiga parabéns pela frontalidade de SEMPRE! Este post só podia ser mesmo escrito por ti :-)
Como sabes por aqui começou-se há uma semana e até iniciou muito bem, mas depois como adoeceu já descambou...
Se me preocupa? Não...confio na minha filha e no seu timming, sei que quando quiser largar a fralda isso vai acontecer, até lá vou tentando e limpando xixis e cocós ;-)
Tenho esperança que ela volte ao que era quando ficar recuperada mas se isso não acontecer, fralda com ela! As opiniões dos outros a mim passam ao lado...
Quanto aos relatos cor de rosa de que faas também leio muitos mas sinceramente, custa-me acreditar! Tantos casos de sucesso é estranho mas claro que acontecem! Estranho é serem todos precisamente na mesma altura...mas ok...
De ti nada de desânimos e só te restam duas opções: ou continuas a ser teimosa e vais em frente nessa luta, ou dás o braço a torcer e voltas atrás esperando por Agosto época em que têm férias e aí sim disponibilidade total para o desfralde!
Sabes qual é o grande problema? Não sei se é mais teimosa a mãe se o filho :-0

Beijocas

Estreladomar disse...

No mundo dos Babyblogs são raros os testemunhos de fracasso e de insucesso (seja no que for), normalmente é tudo um mar de rosas...

Foram raras as vezes que li mães à beira dum ataque de nervos (eu sou uma das poucas que às vezes se passa da cabeça, lol... e devido a um post de 'mãe desesperada' EXPULSEI uma leitora do meu blog por se achar MELHOR MÃE DO QUE EU).

Portanto... na minha opinião acho que devias esperar mais umas semanas ou meses. Forçar as coisas só piora.

No meu caso: comecei o desfralde antes dos 2 anos mas por brincadeira! comprei um bacio e ela começou a fazer o xixi da manhã e o xixi antes de dormir.
No passado mês de Abril o tempo aqueceu e decidi iniciar o desfralde a sério. Tive vários acidentes de percurso e desisti... achei que ela não estava preparada e eu também não estava de boa saúde para andar a limpar 'acidentes'.
Entretanto com a entrada na creche também achei que eram muitas mudanças em pouco tempo e pedi à educadora para não apressar a pequerrucha no desfralde. Assim foi... DESFRALDE OFICIALMENTE ADIADO.
Mas um dia destes ela chegou a casa e pediu para fazer xixi no bacio. Umas horas depois pediu para fazer cocó e... no dia seguinte falei com a educadora. Na hora ela tirou-lhe a fralda e as coisas têm corrido bem - à excepção dos cocós mas enfim...

Tudo tem um tempo certo para acontecer. Conheces alguém adulto saudável com 20 ou 30 anos que use fraldas?

Achas que 3 anos é muito tarde para largar a fralda?

Eu não...

E vais ver que qualquer dia, sem esperares, o Xavier vai surpreender-te!

Beijinhos sem stresses, lol...

IsabelCunha disse...

aQUI EM CASA TB ANDAMOS A TENTAR O DESFRALDE... MAS SÃO 1 XIXI NO POTE CONTRA 10 NO CHÃO... estamos contigo!!!

disse...

concordo...se não corre bem é porque ele não esta preparado...mas atenção, que esses relatos de tudo correr às 1000 maravilhas são raros, os que eu conheço há sempre descuidos...nós ao fim de 8 meses de desfralde ainda tinhamos descuidos liquidos, e sólidos ainda acontecem!
sem stress o importante é ter paxôrra máxima e muito amor, para eles não se sentirem mal quando se enganam!

Um pedaço de azul... um BloGui diferente disse...

Ai amiguinha... que posso dizer? Eu só conheço casos em que sempre houve deslizes. Pensa comigo na palavra: desfralde. Se eu pensar bem nela dou por mim a perceber que o nosso ainda não está completo. Os cocós ainda continuam a ser grande preocupação. Sei quando quer fazer porque se esconde num canto. Se o levo à sanita (adaptador) fica lá demasiado tempo e não faz. Se finjo não ver, acaba por fazer na cueca, se lhe ponho a fralda para evitar cueca suja, acabo por lhe transmitir uma ideia confusa. De resto, prefiro isso a não o ver fazer cocó. Não quero fazer disto um drama para ele, nem quero sequer que sinta vergonha, por vezes parece que tem. Vamos fazendo a nossa "festa" cada vez que algum ser vivo faz um cocó à nossa frente para ele compreender que é a coisa mais natural (e para muitos: aliviante - existe a palavra?lol) do mundo... bom, a mais natural não sei, enfim... mas... enfim... adiante.
O xixi foi um sucesso graças a Deus, mas na creche, na primeira semana desmotivaram-me, tal como tu, obstinada, lutei nesse fim de semana e levei a melhor. Ganhei essa batalha porque descobri que o Gui não gosta de bacio e sim de fazer o trabalhito de pé, como um homem!!! O problema é que o Xavier não gosta delas... nem sei como daria a volta. E fazer de pé para o bacio. Inventa uma historieta qualquer. Põe lá dentro uma florzinha para ser regada lol. Eu sei que parece parvo, mas assim consegui progressos do Gui. Íamos ao jardim e eu dizia que havia uma flor cheia de sede, depois uma pedra que precisava ser limpa, depois uma luz (porque era giro)lol, depois as rãs no lago... oh pá, foi verdade... acredito que aos poucos ele foi-se apercebendo e controlando o seu sistema. A avó está cá. No dia em que chegou... fez três vezes na cueca. E eu tinha dito feliz da vida: "Vó, o Gui já não usa fralda...!!!" lol Estás a ver a minha cara... ;-). De qualquer das formas, acredito que todas as crianças têm o seu timing. É como o andar ou o falar... muitas de nós stressam por causa dessas fases (euuuuuuuuuuuuuuuuuuu), mas na verdade eles lá chegam e bem melhor do que imaginávamos. Tenho uma amiga que tem uma filhota 1 mês mais nova do que o Gui. A mãe iniciou o desfralde e ela lá ía. A determinada altura ganhou aversão e deixou de querer ir ao bacio, chorava até, deixava de querer fazer cocó... sei dizer-te que um dia ela acordou e: zás! "mamã, bacio!" Foi assim, de um momento para o outro. A Carlota é um óptimo exemplo. Temos outra amiguinha, a Frederica que tem um receio enorme de fazer na sanita ou no bacio. Acredito que não está na "hora" dela... acredito que mais vale adiar, quando assim é, do que passar tempos infinitos a fazer tentativas e tentativas e as crianças ganharem mais receios.
Não desistas, inventa brincadeira... olha, a mamã da Frederica tentou um plano de contingência lol... fez um mapa, um quadro, onde sempre anotava as vezes que ela fazia no bacio com um sorriso e as outras com uma carinha triste. A acrescentar ao sorriso ela dava uma recompensa, algo que a menina gostasse muito (neste caso - pintar com um material específico) como reforço positivo... o plano é bom, mas a nossa amiguinha não ligou muito.
Força aí, ninguém vai casar de fraldas ;-) e eu também acredito que é de um momento para o outro.

P.s - tenho um livro muito giro que o Gui ainda adora ler... Feliz com Fraldas. queres que te envie? Estive para falar dele no blog, vou ver se encontro numa pesquisa e blogo.

p.s.s - enviei mail ;-).
Beijossssssssssssss

Um pedaço de azul... um BloGui diferente disse...

P.s - só agora li os comentários anteriores...
A minha madrinha, por insistência da sua mãe, tentou tirar a fralda da Cátia que conheces, muito cedo... demorouuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu... porque naquela altura diziam: "ai tão crescida! Ainda de fraldas!!!!!!!!!!!" Que raio. Não percebo. Que calem a boca. A mana da Cátia... tirou em 5 dias, bem mais velha do que a Cátia... a criança pede.
bjs

Um pedaço de azul... um BloGui diferente disse...

É pá, desculpa, não posso ir ainda, porque ao fechar a página voltei a ler: "Sou Feuiz"!!!!! Amiga... amiga... isso diz tudo.

SONHADOR disse...

Calma.
Vais ver que, com o tempo, ele chega lá.

Beijos.

persiana disse...

Sim, o desfralde é difícil! E nós ficamos cansadas e desesperamos... Eu às vezes grito com ele pra que faça cocó!!! shame on me...
Eu acho que eles têm de estar preparados! Aqui a ajuda do colégio foi preciosa, elas iniciaram e eu dei continuidade! mas em casa os descuidos aconteciam com frequência, como já leste no meu blog.
No entanto o controlo do chichi foi rápido, já o coco está a dar mt trabalho!!!
ele começou com 2 anos e 7 meses o desfralde!

bjs e força aí

Barriguita disse...

voltei para comentar!

como alguém disse, nestas coisas parece que continua a haver quem não goste de falar dos insucessos, do desgaste, do pior da maternidade, e teime e tranparecer que tudo é um mar de rosas. só quem não tem filhos pode pensar assim, já que não há crianças perfeitas, nem mães perfeitas.

Há uns tempos escrevi sobre isto... às vezes irrita ver tanta perfeição, mas a verdade é que cada um é que sabe. eu sou mãe e não sou perfeita, e o meu filho menos ainda. há coisas que correm bem, outras em que não, mas acho que eles são mesmo assim.

Quando o Pedro era bebé, "lamentava-me" sempre pelas noites mal dormidas, até que percebi que noutras coisas, como na alimentação, por exemplo, eu era uma sortuda. E o que comecei a fazer foi a filtrar o que leio e quem leio, porque às vezes tamanha dose de perfeição enjoa-me!!! O meu filho suja-se, faz birras, dorme pouco, eu tenho mau feitio quando não estou nos meus dias, vai filho e marido à minha frente, mas o mais importante é que, como diz o teu filho, somos uma família NORMAL e "Feuiz", não uma família de catálogo em que os meninos nem um cabelinho tem fora do sítio.

Bjos
(acho que n tens acesso ao meu blog, que é privado. vou ver se descubro o teu mail)

Anónimo disse...

Amiga, acho que o Xavi não esta atrasado não. É aproximandamente (não necessariamente) na idade dos 2 anos que se desfralda, porém pode ser 2 anos e 1 mes ou 2 anos e 11 meses... pouco depois dos 3 anos... é questão de tempo (e muuuita paciencia) mesmo...
e na verdade cada uma de nós mamaes temos nosso "Calcanhar de Aquiles" com nossos filhos. A Isabela por exemplo foi muito facil para desfralde porém me dá trabalho na alimentação, e looooge está de ser o Boca Santa do Xavier... outras mamães devem viver as voltas com noites mal dormidas e assim vai...
Cada pequenino tem sua peculiaridade para fazer-nos exercitar nossa paciencia materna... rsrsrsrs
Ah, e me fez lembrar que apesar do sucesso em tirar as fraldas, me aborreço muito com a ISabela retendo o xixi e cocô. Ela faz xixi apenas 3 vezes ao dia e contrariada. Segura até nao aguentar mais e fica zangada se a obrigo a ir fazer. Nunca fez nas calças mas sei que reter faz muito mal. No cocô é pior pois fica 3 dias sem fazer, fica ressecada e dificulta mais ainda. Esta ate fazendo tratamento numa gastropediatra com um xarope a base de lactulose para tentar regularizar, mas a gastro sabe que crianças fazem isso de segurar. Isso me dá um trabalho e stress que vc nao imagina. tbem fico com o bumbum quadrado de ficar contando historias no vaso e ela nada de fazer... não é facil...
Espero que o Xavi logo "engrene" no desfralde!!!!!!!!!!
Muito beijos brasileiros
Deus abençoe
Amanda Orsi

Diário da Matilde disse...

Olá Tété...
Adoro a forma como te expressas, a sinceridade e frontalidade.
Relativamente ao desfralde eu nunca pensei muito no assunto, quando fosse seria, embora durante os fim de semana eu deixava a Matilde andar por casa sem fralda e havia sempre descuidos, por isso nunca me preocupei com o desfralde...tinhamos tempo.
Até que um dia ( há +/- 1 mês) ela na escola pede para ficar sem fralda, e a partir desse dia nunca mais houve descuidos. Cada criança tem o seu tempo. De noite ainda usa fraldas, pois ainda bebe leite, este fase vou deixar para mais tarde, sem muita preocupação.
Por isso amiga Tété, se achares que deves "interromper" o desfralde e esperar até o Xavier estar preparado, não te preocupes....não stresses...ele não vai casar de fraldas..looll

Beijinhos para voçês

kel disse...

Querida, adoro a forma como falas das coisas, as coisas são como são e mais nada ;)
Tem calma amiga, sabes que esta fase leva o seu tempo e não vale a pena andares ansiosa com isso que só é pior, Já vi que te deixaram muitas sugestões e casos parecidos e acredita não é um mar de rosas. o desfralde da pipoca não foi fácil nem dificil, foi normal acho eu com vários deslizes mas com paciência lá se fez. Sabes as fraldas da noite ainda não tirei e agora que já começam a vir secas vou passar a essa fase e viva a coragem! lol
força amiga! estou cá para o que for preciso, sabes qeu sim ;)
beijocas

Tita disse...

Oi moça!

E se desses um tempo ao Xavier. Isto é, desligasses, voltassem às fraldas e daqui a um mês voltasses a tentar. Está-se bem a ver que ainda não é a altura dele e quanto mais insistires, pior vai ser. É como na escola com os alunos, bem posso insistir numa coisa, se a criança ainda não está a perceber, por mais que se lhe explique, é pq ainda não adquiriu maturidade para aprender. E dar tempo ao tempo. No caso dele acho e pelo que leio no teu blog, ele está mesmo a precisar desse tempo (ele e tu...).
E conheço crianças que só deixaram aos 3 nos, com imenso sucesso (imediato). Tb já li que o período ideal é entre os 27 e os 34 meses, e nisso ainda vai a tempo.

No stress.

Bjocas

A Familia Alien 2 disse...

OLá :))) até sorri quando abri o teu blog..depois de tantos meses quase n te encontrava na net ( tou quase senil por causa da pestinha ;) resolvi cá vir procurar informação ( da boa) sobre o desfralde..
aki na minha casa está a ser uma desgraça..ontem foi cocó no tapete da sala mas antes a mocinha até deu sinal com 2 puns, mas pensamos ke era treta, não foi lol
conheço mamãs mto jovens e quase todas elas estão a ter sucesso no desfralde..eu com 41 anos a ouvir bocas ke n sei educar nem desfraldar, nem alimentar e mais alguns elogios , é demais até para mim ke aguento quase tudo lol
bjs
boa sorte e paciência e Bjs paara o Xavier ;)

Anónimo disse...

Olá!!!

Sinceramente de todos os comentários os que mais me identifico e acho certeiro é o da Paty, realmente nenhuma criança é igual e o que é pra umas ñ é igual pra outras.

Sempre achei e continuo achando que o Rafa, e futuramente o Matias, farão as coisas a seu tempo, independentemente de A ou B ter sido assim ou cozido.

É claro que ninguem gosta de ficar limpando porcaria toda a hora e tirar roupa suja toda a hora mas fazer o quê, ñ temos robots e tudo depende da maturidade deles. O mesmo irá acontecer com a chucha, mta gente stressa com a chucha e eu só a tirei quando realmente ele aceitou e desistiu dela, ñ ía ficar fazendo o miúdo sofrer com isso, ele é que escolheu a altura dele e assim foi feito.

Minha querida ñ dês ouvidos a comentários perfeccionistas pq ninguem é perfeito e por mais maravilhas que se falem alguém sempre tem o seu calcanhar de Aquiles.

Bjs grandes***
Liliana e seu Anjo Rafael**

Beta disse...

Querida Teté, estou contigo.. O meu Tomás tb não quer largar as fraldas.. Diz "xixi" e "cocó" mas chora baba e ranho para se sentar na sanita ou no pote! Há-de ser quando tiver que ser.
Beijos e boa sorte
Beta