quarta-feira, 29 de julho de 2009

Conversa entre o papá J. e um colega

Colega – Como sei que preservaste as células estaminais do Xavier, qual é a tua opinião sobre isto?

Papá J. – É uma segurança que prefiro ter e nunca usar, e dar os 1.250 euros como perdidos, do que algum dia precisar e não as ter!

Colega – Pois… mas é tanto dinheiro… teria que contrair um empréstimo para o poder fazer...

Papá J. – Não concordo que seja muito dinheiro. Tens que ver isso como um seguro de saúde e se dividires os 1.250 euros por 25 anos (50 euros/ ano), em que as células estão guardadas, acho um valor bastante razoável!

Mas diz-me uma coisa: não vais agora de férias para o Algarve, durante 2 semanas?!?

Colega – Sim, vou.

Ok… hajam PRIORIDADES… e há que respeitar que cada um tem as suas!

25 comentários:

Vera R. disse...

O que é que pessoas como estas mereciam ouvir?

É pena ainda existirem pessoas sem qualquer sentido de orientação e reponsabilidade.

bjs grandes...

Maria José disse...

Sim tem de haver prioridades, e olha o papá J fez muito bem em responder dessa maneira
bjokas

rita disse...

Pois...

Carolina e António disse...

Há prioridades e prioridades e infelizmente a maioria das pessoas tem esse pensar...
A resposta foi muito bem dada!
Bjocas

Velu disse...

Pois, sem comentários :(

kel disse...

Sem comentários...prioridades!
Eu não fiz mas não por esses motivos...por outros que não vale a pena falar.
Acho que o maridão esteve á altura! lololol
beijocas

Gasparzinha disse...

Realmente, as vezes n entendo as prioridades de certas pessoas, mas enfim...

Eu só espero q esse dinheiro tenha sido deitado à rua, é bom sinal, significa q os nossos filhos estão bem de saúde, e isso sim é importante.

Beijinhos

Sofia disse...

De facto esta conversa nem merece comentários. Espero que tenha umas excelentes férias no Algarve e acima de tudo que um dia mais tarde os filhos deste senhor nunca venham a precisar pois não têm culpa das prioridades dos pais.
Mesmo que tivesse de contrair um empréstimo seria o mais bem empregue de toda a sua vida.
Uma grande beijoca e aproveito para agradecer as palavras de força que me deixaste no meu cantinho.

mamãe Juliana disse...

também gostei da respota muito bem dada..
Beijos em vocês...

Sofia,Pedro e Joana disse...

Ora nem mais!Realmente as prioridades diferem de pessoa para pessoa...a questão é saber distinguir as prioridades acessórias das prioritárias propriamente ditas (e passo a redundância!).
Beijinhos,Sofia,Pedro e Joana

Anónimo disse...

EU não preservei as celulas estaminais, pk nao concordo ke a colheita seja feita em kem só tem tem o dinheiro para a pagar..
eu tinha o dinheiro e tive outras prioridades ..serei pior mãe do ke tu?? duvido muito..
sou uma pessoa ke luto pela igualdade para a minha filha poder ser feliz.. e isto n é conversa feita de comentarios de blogs..

uma mãe

Sara disse...

Boa resposta do teu marido.
As pessoas tem de pensar nas prioridades, se a desse senhor é ir de férias.
Deus queira que o nosso "€€" foi deitado à rua em vez de serem utilizadas as células
Bjs grandes

SONHADOR disse...

Grande Papá J.
Só não sei é se o colega, ainda agora, estará a matutar no assunto, por não ter percebido.

Penso eu de que...

Beijos.

claudiafiel disse...

Não há beneficios nenhuns na preservação. Só dá para determinados tratamentos e até determinada idade. Para já e enquanto não há bancos públicos pode ser um mau investimento, apenas dar a lucrar aos bancos. Esta minha opinião é formada a partir da revista que recebo da Deco.

Mas caso achasse que era benéfico, teria gasto esse dinheiro, apesar das férias serem bem merecidas e custar a abdicar delas.

Mamã da Caroxinha disse...

Ok prioridades! Infelizmente muita gente pensa assim, fixe é ir ao Algarve mas gastar com saude nada...
Este à altura o J. como sempre!
Mas não sei se o colega terá entendido...
Beijos

JUJUBIS disse...

Nem ia comentar esse tópico, acho super pessoal e de facto cada um tem suas prioridades. Havendo € ou não.
Sei que a questões de crenças ou melhor descrenças, mas não passam mesmo de simples ignorância.
Fiquei admirada com a afirmação que não há benefícios alguns. Será que sonhei com os casos que já li de tratamentos realizados com bons resultados ? Se bem me lembro, nos meus delírios, até em Portugal já aconteceu entre 2 irmãos. Depois vou reconfirmar no meu catalogo dos sonhos...

Quanto a idade isso é mesmo assim, por enquanto a quantidade de células obtidas só dá mesmo até certa idade. Só que não é por isso que os labs q fazem isso exploram.
Digo isso pq passei pela situação.
Fiz com a Crioestaminal. A colheita foi realizada e passados alguns dias, recebemos a carta deles com o resultado das análises das células. Explicavam detalhadamente os resultados clinicos, que as células eram todas boas, dentro dos requisitos, etc. mas apesar de serem boas, a quantidade obtida era muito pouca. Na época, há + ou - 2 anos e ainda hoje; em caso de necessidade, não seria suficiente nem para um recém nascido.
MASSS como estão em constantes estudos nessa área, um dos muitos é a expansão e multiplicação dessas células. O que a qualquer momento podem finalmente conseguir.
Então nos fizeram uma proposta muito honesta e gentil.
Disseram que se quiséssemos, eles preservariam as células, por tempo ilimitado, nas mesmas condições do contrato, mas não pagariamos nada além do kit que já tinhamos pago.
Quando conseguirem com sucesso e garantias totais que a multiplicação das células é um método fiável, nesse caso então pagariamos o valor da preservação total. E mais, seja daqui a 1 ano, 5, 10... o valor cobrado será o do contrato inicial, sem reajustes. Tudo preto no branco, contrato assinado por ambas as partes.

Eu e meu marido ficamos muito surpresos com essa proposta. Jamais imaginei que não cobrariam nada !
Sinceramente eu acharia muito normal se tivessem explicado a situação toda, e cobrarem um "aluguel pelo espaço". Nem que fosse simbólico.

Uma atitude dessas, contradiz totalmente esse boatos de que isso não serve de nada a nível científico e que é só pra ganhar dinheiro.

Não tô nem ai, pra quem faz ou deixa de fazer, mas acho uma "piada" ouvir as vezes pessoas que são explicitamente desinformadas e falarem com toda autoridade.
Nem leio essas publicações de defesa do consumidor, embora não abra mão dos meus direitos e sempre que necessário vou atrás... Mas será que elas citam esses exemplos como o meu, qd dizem que esses laboratórios só querem é €€€ ?
E olhem que se tivessem cobrado nem q fosse 50%, eu teria pago sem nem hesitar, mesmo q não consigam nunca multiplicar as células...

Tété £ Xavier © disse...

Pat (Jujubis),

Já conhecia o vosso caso e na hora fiquei abismada com o comportamento da Crioestaminal!

Afinal existem casos CONCRETOS de que tudo isto não é só mais uma de ganhos para bancos e laboratórios… Ah… e assim como tu também eu sei de casos REAIS da utilização de células por isso garanto-te que não sonhaste :o)

Não sei porque existem pessoas que vêm argumentar coisas tipo “ser ou não boa mãe” quando a questão AQUI EM CONCRETO não trata disso e sim de colocar, no mesmo prato da balança, férias com a saúde… só isso!

Agora não é regra que quem preserva é mais ou menos BOA MÃE… às vezes pasmo como as pessoas deturpam as coisas.

Ao contrário de algumas pessoas, eu não tenho a mínima necessidade de justificar-me como boa mãe porque é algo que nem sequer questiono e PONTO! Enfim :o/

Aceito perfeitamente quem não o faz simplesmente porque não lhe apeteceu… cada um sabe da sua vida!

Mais uma vez obrigada pelo teu testemunho e boa disposição… é sempre uma grande contentamento ler-te porque contagias-me sempre com o teu bom humor ;o)

Beijos para os 3
Tété & Xavier

Anónimo disse...

Se fosse assim tão eficaz guardar as células, meio portugal, o faría tambem. É um assunto, que dá para discutir. Agora aqui no blog só vejo donos da razão a reprovar quem tem opinião contrária. Já vi este blog com melhores olhos.

gauga disse...

cda um tem a sua openião e as suas prioridades mas a situações na nossa vida e momentos que nem sempre podemos fazer aquilo que queremos, eu ggostava de ter guardado as celulas das minha filhas ( são gemeas) e ainda hoje penso nisso, mas foi-me impossivel pois ficava caro, pelo facto de serem duas e o marido ficou desempregado, imaginem agora pagar uma nota preta ( que havia ser de graça) e não saber quando é que ele voltava trabalhar, tive que dar prioridade a outras coisas, fiz bem, fiz mal, não sei, o tempo o dirá.
bjs
Laura

Mãe da Tiz disse...

É verdade há prioridades e prioridades...
O que me deixa doida é determinadas pessoas não assumirem a 100% a sua posição de não fazerem a recolha e ainda criticarem quem optou por fazê-la...

Beijos***

Tété £ Xavier © disse...

Aveiro, Salreu... diz-lhe alguma coisa?!? A mim diz-me TUDO!
Obrigada pelo seu comentário, ainda que anónimo...

Anabela disse...

De facto as prioridades cada um saberá das suas mas neste caso acho que são coisas que não se pesam. Do Diogo não fiz e de Sara ainda ponderámos mas vamos pelo mesmo caminho. No máximo o que poderei fazer é contribuir com as células para um banco publico para estudos e outras pessoas que precisem, mas ainda me estou a informar melhor sobre isso.
Tenho (temos) uma opinião sobre a criopreservação e não se trata de prioridades mas estas do colega são dois pesos muito diferentes.

Bjs

Anónimo disse...

Oi!!!
Nós ñ fizemos mas hoje arrependo-me profundamente, admito que ñ o fiz por falta de informação e de conhecimento de causa... hoje em dia tenho a certeza que se tiver outro filho hei-de fazer sem pestanejar ;)

Bjos***
Liliana e seu anjo Rafael

mãe pimpolha disse...

Eu tb preservei e não me arrependo nadinha, penso exactamente como tu.
Arranjaste foi aqui uma inimiga, não tarda levas tau-tau do anónimo. LOLBeijocas e boas férias.

Joanita disse...

Eu não o fiz, foi escolha nossa!

Mas concordo plenamente com o que dizes, se esse senhor queria fazer e não o fez por uma questão de dinheiro... Mas... Enfim! Entendi!

*Joanita