domingo, 2 de novembro de 2008

11 anos sem ti

Foste-me roubado pelo malfadado cancro e hoje, passados 11 anos, embora a tua ausência doa muito, o tempo faz com que nos habituemos à tristeza de não te ter mais por perto...

Quero deixar uma palavra de saudade a ti meu amigo, meu cúmplice, meu PAI e pedir-te para olhares sempre por nós!

20 comentários:

magic-words disse...

Oh querida... olhará sempre por vós e estará sempre ao teu lado...
Muita força e carinho
Raquel

Minha benção disse...

Amiga sei que bem o que sentes ontem fez 3 meses que o meu se foi, mas ja parece uma eternidade, estou com muitas saudades. Meus sinceros sentimentos a você e sua família e que Deus console a cada dia os vossos corações. um abraço

Maria Vicente disse...

Um abraço forte.

Anita disse...

Por mt tempo que passe a dor nao desaparece :(
Um beijo grande e um forte abraço

Familia Paiva Alvo disse...

É uma dor enorme presumo!
Essa maldita doença também me levou o meu avô há 5 anos.
Dói muito, por muito tempo que passe!
Beijinhos reconfortantes!
O teu papá partiu no dia de anos do meu avô...coincidência!

Maria José disse...

Um beijinho muito grande
bjs

liliana disse...

Querida, um abraço muito muito forte!
Não imagino o que é essa dor e acredito piamente que não deve ser nada fácil viver com a sua ausência.
Um beijinho bem doce

Mamã Pirata disse...

Custa muito ver partir quem se Ama,mas eu acredito que "Eles" estão sem connosco.

Um beijo sincero.

Márcia e Sara disse...

Beijinhos

MarGui disse...

Muitos beijinhos e força!

Slimiteca disse...

Beijinhos para ti e para o Xavier!

Estreladomar (Mónica) disse...

Lamento muito querida Tété. Nem consigo imaginar a tua dor.

Mas o teu PAI estará sempre a torcer por vocês!

Um abraço carregado de beijinhos!

Maria Pereira disse...

Sei que não ajuda nada mas sei exacatmente o que sentes, a duplicar. A saudade é muito e só ajuda pensar que eles podem estar algures a olhar por nós. Eu quero acreditar mas nem sempre é fácil...

Beijos

Márcia Patela disse...

Querida Teté sei que não vou minorar o teu sofrimento, mas sei bem o que isso é! Já passaram 20 anos desde que perdi o meu e olha que a cada ano que passa sinto mais a sua falta...
Claro que há dias melhores e outros piores, mas temos de ter força para aguentar.
Eu costumo dizer que tenho um anjo da guarda que me protege sempre!
Muitos beijinhos de coragem e força.

Mara disse...

Não podia deixar de te dar um beijinho e um abraço, ainda que virtual...
Beijinhos

Mãe Sandra disse...

Um abraço muito forte Amiga, e um beijinho grande.

Ana e Duarte disse...

Também perdi o meu pai e sei que as saudades são muitas... embora o tempo faça atenuar essa saudade, há momentos que são de muita dor...

Um beijinho de solidariedade...

Ana e Duarte

http://comodakiaoceu.blogs.sapo.pt

Anabela disse...

Lamento...

Sofia, Pedro e Joana disse...

Olá querida mamã, sinto muito pela tua perda...concerteza que o teu pai olha pela tua linda familia todos os dias.E está muito, muito orgulhoso.
Mil beijinhos gordinhos,Sofia,Pedro e Joana

free browny disse...

um beijo doce para ti linda!!!