quarta-feira, 7 de julho de 2010

Comparar o incomparável

Por vezes, leituras erróneas levam-nos a fazer certas asneiras como iniciar o desfralde sem que a criança dê indícios de estar minimamente preparada para um passo tão gigantesco no seu desenvolvimento.

Outras vezes, são as opiniões aferradas dos outros, só porque a idade assim o dita, quando a realidade é outra e mostra-nos que nem todos os conselhos funcionam para todas as crianças.

Farta de ouvir bitaites de mães arrogantes, que consideram os seus filhos autênticos meninos-prodígio [não confundir PRESUNÇÃO com BRIO!] com a mania que só elas é que sabem, consegui deixar quase todas sem resposta quando as questionei se tinham conhecimento de algum adulto que usasse fralda e/ ou chupeta.

Ainda ouvi alguns - "Realmente, não...", como resposta, mas a maioria remeteu-se ao silêncio!

Para que conste, a nossa 'competição' é, única e exclusivamente, com a SAÚDE do Xavier que, em 29 meses de vida, já teve 17 consultas pediátricas, só de urgência.

Que relevância tem quem deixou a fralda aos 2, 3, 4 ou 5 anos quando estes chegarem a adultos, ou até mesmo antes?

Estará a decorrer algum concurso, cujo o vencedor será a criança que conseguir ser a mais precoce, nomeadamente em, caminhar, falar, deixar a fralda, a chupeta, etc., que eu desconheça?!?

Chiça, que existem mulheres que conseguem ter um génio tão mau, que só estão bem a espezinhar os outros... são umas autênticas damas 'B*****s'!!!

●•Tété•●
P.S. - O desfralde do Xavi [que contarei mais tarde] está muito perto do fim.

26 comentários:

PatLeal disse...

Ora agora é que falaste uma grande verdade. Eu era para fazer o desfralde da noite este verão, mas sinceramente não o vejo para ai virado, apesar de ter meio mundo a dizer que devia fazer, por isso vou esperar mais um pouco.

Bjocas e não te aborreças com isso.

Marlene e Simão disse...

Minha querida,
Há pessoas que faziam melhor se estivessem caladas!
Cada criança é diferente e cada uma tem o seu ritmo, umas andam mais cedo, outras falam mais cedo, outras largam as fraldas cedo, outras mamam na chupeta até tarde.
Temos de ser nós, pais, a ver o que é melhor para o nosso filho.
Inevitavelmente no mundo que vivemos até os filhos servem para competir!
Um grande beijo e não ligues a certos comentários.

Ni! disse...

Ora aí está uma grande verdade. A "guerrinha do percentil" chateia-me à brava. Estou mesmo a ver o meu filho com 20 anos preocupadíssimo em saber quanto pesava aos 7 meses, 3 semanas e 2 dias e em que dia fez o primeiro cocó no bacio e etc e tal... Eu registo os pequenos acontecimentos no blog, porque tudo acontece à velocidade da luz e às tantas já me perdi, tenho medo de me esquecer... mas a guerrinha das comparações... ai ca nervos, pa!
Estou contigo!

Barriguita disse...

e agora deste-me motivos para ir escrever sobre isto!!!

bjos

Barriguita disse...

não podia estar mais de acordo contigo. Há quem goste de competir por tudo e por nada:

- o teu já se senta?
- o teu já bate palmas?
- o teu já diz "otorrinolaringologista?"

Cada criança é uma criança... cada uma tem o seu desenvolvimento, cada uma atinge as coisas na sua fase. É por o teu filho não ter deixado as fraldas logo que o amas menos??? Claro que não! Mas há quem goste de viver numa competição ( e acredita que tenho casos bem próximos assim) e encare tudo dessa maneira.

Mais cedo ou mais tarde, todos estarão nos mesmos níveis.

bjos

Vânia e Mariana disse...

Infelizmente ha pessoas assim....Os miudos são todos diferentes. Uns são precoces numas coisas e tardios noutras é mesmo assim....Mas ha mães como tu dizes....
Enfim...

beijinhos,

Sara disse...

Mais nada, concordo inteiramente contigo. Também o tenho feito com muita calma e sem pressa nenhuma, até porque qualquer acidente com este tempo desaparece num ápice.

Ticha disse...

Como eu te entendo....
Passei pelo mesmo, desde dizerem-me que se ele usava fraldas era porque eu assim o queria...pfff...
Quando tiver de ser será, não te preocupes...
O André deixou as fraldas com 3 anos e 4 meses, foi quando ele assim o quis, e foi de um dia para o outro, dia e noite....
Por isso as pessoas parvinhas que vão dar uma curva....

Beijokas...

Diário da Matilde disse...

Como eu te compreendo...mulheres (com m pequeno), que só sabem comparar...enfim

Não stresses minha querida,

Cada criança é única...que nervos quando têm a mania da comparação..grrrrr

Beijinhos

Anónimo disse...

É assim mesmo. Como te falei naquele post do outro dia. O que importa isso qd forem grandes ????? A única coisa boa de desfraldar cedo, é que mudar fraldas é a pior coisa de cuidar dos filhos, mas tirando isso ?????
Como meu pai adora dizer: " Estou cagando e andando. "
huahuahau
Bjs

Patricia e Júlia

ps: tô anônima pq não tava logada.

Sara disse...

Bem as suas palavras animam-me!!! O meu filho tem sido um desastre no desfralde e tb estou farta de comparações, imagine viver numa vila pequena onde as comparações são constantes!!! Qto ao desfralde tb não está fácil, o pior dele é ter nojo do próprio xixi imaginem, tar a fazer xixi e ter vómitos...então o cócó ainda faz na fralda ( E vai fazer 3 anos em Setembro)( e não conheço criança nenhuma q tenha tido nojo do xixi). Estou FARTA que me digam q já não devia ter fralda, e dps acabo por ficar a pensar q se serei só eu a "má" mãe...mas parece q afinal as crianças não são tdas iguais!!! Cada criança tem a sua fase...por aqui tb existem mtas mães q gostam de espezinhar...grrrrrrrr

persiana disse...

Ora nem mais!
Cada um é como cada qual!
bjs

Mara disse...

Ora aí está uma coisa que me tira do sério. Fico doida. Quando as essas mães perfeitas com filhos perfeitos se começam a "cagar" (desculpa a expressão) das suas façanhas (algumas têm tanto de absurdas como de irreais) fico possuída, lol! Uma das que me irritam solenemente é quando pessoas que não conheço de lado nenhum tiram a xuxa ao João e começam a dizer que ele já é muito crescido para usar chupeta. Por norma levam com um olhar matador e com as maiores trombas que consigo arranjar... Lá está: não conheço adultos que usem xuxa, fralda e comam por biberão (excepto por motivos de saúde, claro...). Enfim... haja pachorra!
Beijocas

Anónimo disse...

mas q mães são essas?? é q toda gente nos comentarios diz amen às autoras dos posts..isto em todos os blogs q visito :o
ou fizeste como algumas q eu conheço, q n publicam os comentários se é q eles existem e constroem posts destes para dar uma abanadela no interesse pelo blog??
desculpa estar a dizer isto aqui no teu blog mas penso que teras coragem para publicar ;) é q já disse em tantos e nunca foi publicado nunca percebi pq lolol

e os filhos são o melhor q nos temos logicamente a competição existe pq qq mae quer q o seu s seja o melhor, o mais esperto o mais bonito bla bla bla em tudo e quem o nega é uma grande mentirosa lol

© ●•ƬéƬé £ XαVιєя•● disse...

Ao meu visitante anónimo nº 101,893 com o IP 95.172.189.#

Escreveu: «...abanadela no interesse pelo blog??»


Mas que DISPARATE!!!

Com um comentário tão infeliz concluo que não me conheces, nem pouco mais ou menos, o que faz com a tua opinião me passe ao lado.

De qualquer forma, dou-me ao trabalho de te responder para que saibas que só não publico comentários quando estes são insultuosos e principalmente quando estes advêm de gentinha mesquinha sem o mínimo de CORAGEM para se identificar.

E como já vai longo o tempo que estou a perder, termino com a seguinte questão:

Que ser humano és tu, para criticar seja quem for, inclusive chamares-me de MENTIROSA, quando te ACOBARDAS atrás de um comentário anónimo?!?

Aceito a tua opinião mas não a respeito!!!

Relê a minha frase «não confundir PRESUNÇÃO com BRIO!» porque esta assenta-te que nem uma luva!

Tété

Anónimo disse...

estoui como anonima pois esquecime da palavra passe

bom dia
as comparações a mim irritam-mwe bastante, pq cada criança é diferente da outra eu que o diga pois tenho duas da mesma idade.
Ela deixaram a fralda com dois anos, é optimo pois a poupança-€- em fraldas é muita como devem compreender, mas não forcei foi feito e elas a noite passaram semanas sem fazer eu tirei a noite, mas a descuidos.
Mas sempre ouvi dizer que tirar as fraldas aos rapazes é muito mais dificil, do que nas raparigas.
Podemos falar sim do que os nossos filhos fazem mas sem comparações, pois eles hoje não fazem mas passado uma semana já fazem tudo e amis alguma coisa.
Bjs
Laura

sofia disse...

Olá Tété..

Isto das comparações tb me irrita um bocado mas eu nao ligo mesmo nada a isso.
Quanto ao desfralde foi uma coisa q só fiz qd achei q a Mariana já estava preparada e isso foi qd ela tinha 2.5 anos. Tinha tentado perto dos 2 anos mas ela nao estava preparada e entao nao insisti, depois veio o inverno e nao tentei mais. Só com a chegada do calor e porque ela já tinha outro entendimento, tentei e correu lindamente. Daqui tirei a lição que mais vale esperar q elas estejam preparados para dar certos passos.
Cada criança é diferente e como tu disseste e bem o q importa é a saúde deles.
Beijinhos e nao te chateies com esse tipo de bocas.
Sofia .

Mãe da Tiz disse...

Lá está, a pressa em crescer e ser o melhor em tudo... não há paciência para gente assim!

Beijocas***

sitio da sandra disse...

O meu filho tem 4 anos e ainda usa fralda de noite, e confesso não estou minimamente preocupada. A única coisa que fiz questão de tirar o mais depressa possível foi a chupeta, não por uma questão de competição, mas por uma questão de saude dentária. O resto vai com o tempo.
Ah e já agora, cada um tem a sua opinião, mas todos temos que respeitar as dos outros. Um abraço e bom fim de semana, Sandra

Mara disse...

Oh Teté... tenho que me rir... Estava a ler os teus comentários e deparo-me com esta... então não é que a sra anónima com este mesmo IP foi hoje destilar veneno lá para os meus lados?! Mas esta gente não terá mais nada que fazer?! Respondeste-lhe à altura, eu fui mais parca em palavras porque não estou para me chatear com dores de cotovelo alheias... o meu marido é que se passou... enfim...
Se quiseres não publiques o comentário para não alimentar polémicas desnecessárias, era mesmo só para partilhar contigo. Em 3 anos de blog é o segundo comentário disparatado que recebo... Enfim... São mais criançolas que os nossos putos de 2 anos, lol!
Beijocas grandes

Lil disse...

damas? eu chamari outro nome como invejosas.... e podes sempre responder... deixem lá que mesmo que ele deixe a fralda tarde, voces todos os meses ainda tem de usar fralda 1 semana... e qd forem velhas vao usar todos os dias...

Velu disse...

Olá TéTé, é inevitável fazerem-se comparações, até mesmo entre irmãos,por muito que se evite determinados comentários eu própria por vezes dou por mim a comparar o Diogo com o Ricardo, o que depois é racional é sabermos os limites das comparações e respeitar o espaço e o tempo de cada criança!
O Ricardinho também ainda usa fralda, chupeta e biberão e mesmo segundo a pediatra não convém forçar a deixar qualquer uma destas coisas, cada uma tem o seu tempo!
Bjs grandes!

Mamã da Caroxinha disse...

Ora aí está um tema que me irrita tanto ou mais do que a ti, como sabes! Aqui começamos o desfralde aos 29 meses, mas para muita gentinha foi tardíssimo! O certo é que segui o meu coração e a vontade da minha filha e correu tudo muito bem. Tenho a vantagem de estar em casa e não ter havido pressão da creche (com a pressão das outras mães eu posso bem) o que me facilitou o trabalho.
Mas a mim irrita-me mais a questão da chucha! A Lau anda muito agarrada à chucha neste momento e odeio as pessoas que não conheço de lado nenhum que a abordamna rua por ir de chucha: "tão feia de xuxa" passo-me!!! Dá-me vontade de lhes bater...

Beijos e sabes que mais? "os cães ladram e a caravana passa!!!"

mãe pimpolha disse...

Eu nem comecei o desfralde do meu, mesmo por causa disso. Não está preparado e estou-me borrifando para o que os outros dizem.
A chupeta foi fácil porque ele só a usava à noite e não depende tanto dele.
Caga nessa gente.
Beijocas

Anabela disse...

E tu perdes tempo a ouvir essas opiniões?
A vida é demasiado curta e por vezes as pessoas têm apenas o dom de quer opinar para deitar abaixo e não o fazer de forma construtiva. Não vale a pena ouvires tais coisas, ignora, faz como eu que abana a cabeça e diz ámen e as pessoas acabam por se calar. Não ligo e nem quero saber.
Quem vem com opiniões construtivas e prestar o seu apoio com intuito de chegarmos a bom porto é sempre "bem recebido" o resto ignoro! Não vale a pena e nem perco o meu tempo.
Andava com uns problemas semelhantes de "competição", de a vida ser "um jogo" mas resolvi deixar cada um na sua ignorância e nas suas vidas vazias de felicidade e que queriam a todo o custo consumir a minha.
Outra coisa que já me apercebi que leva a estas competições é abrir demasiado o meu livro, sempre fui assim tenho a mania de gostar de partilhar o que me faz feliz e me alegra, o R. sempre me dizia para eu não escrever muitas coisas que escrevo, não me mostrar demasiado, não abrir o meu/nosso livro. Ele sim sempre foi o sábio, culpa minha! Mas facilmente aprendo e mudo o cenário. À conta disso mudei de discurso no blog, como não o quero de todo privatizar mudo o discurso.
Quem se preocupa connosco liga, pergunta, nos momentos certos estão lá.

Sílvia, bem sabemos a quem nos referimos! Mas sim já aprendi!

Gostava tanto de fazer um post sobre tal tema como a Sílvia fez mas depois não me apetece perder mais linhas com quem não merece.

Desculpa o mega desabafo mas "gentinha" dessa já eu estou cheia e este teu post fez-me rever algumas coisas.

Beijocas

Um pedaço de azul... um BloGui diferente disse...

Ai amiga... sei do que falas... tu sabes... ando sem vontade de falar sequer, perdoa-me.
Valente sova ;-) aquela ali em cima...lol