sábado, 23 de agosto de 2008

De Coração Apertado...

É como me tenho sentido nestes últimos dias só de pensar que o Xavier já vai para a creche.

Iniciaremos o período de adaptação na próxima segunda-feira, por algumas horas, que aumentarão gradualmente ao longo da semana para que a adaptação já esteja a 100% (pelo menos para ele) em Setembro que será quando irei começar a trabalhar a tempo inteiro.

Como não existem fórmulas mágicas para que eu não fique com um VALENTE nó na garganta resta-me esperar que o tempo ajude a que me habitue à nova rotina e ter a certeza que ele ficará bem entregue... afinal todas vocês que passaram pelo mesmo sobreviveram, certo?!

Como alguém que me é querido diz, não é a solução perfeita mas é a possível...

ADENDA:

E lá o deixei.... (snif, snif...)

Sentado no ovo, meio escondido e a olhar à sua volta... tipo "onde estou Mamã?!"

Custou IMENSO, é certo, mas sei que amanhã custará um pouco menos!

O que não esperava foi que o Papá J. deixasse cair uma lágrima...


15 comentários:

Juli disse...

Tété, passei por isso há alguns dias! Te digo que não é fácil essa "separação", não é fácil deixar nossos pequeninos na creche, os primeiros dias são angustiantes. Mas, depois...nos acostumamos a nova rotina.
Esse período de adaptação será importante para você conhecer e passar a confiar na creche.

boa sorte nessa nova fase!!

bjo
Juli

PatLeal disse...

É muito normal, o meu primeiro dia de trabalho chorei baba e ranho e ele ficou na boa :).

Jocas e força

Ana e Kiko disse...

Custa sempre, temos que ter paciencia.
Bj

Anónimo disse...

Vai-te custar mais a ti que a ele vai correr tudo bem beijinhos gabriela

Maria José disse...

Nem sei o que te diga, a Sofia tem estado com a minha mãe durante este mês de Agosto e em Setembro começa na escolinha e nem sei, bem seja o que Deus quiser,
bjs

liliana disse...

Minha querida, sabes que a "separação" é inevitável. Nos primeiros tempos irá custar-te imenso, mas tenho a certeza de que como uma grande mulher que és, irás conseguir apaziguar essa angústia.

Um grand beijinho e força :)

kel disse...

Aí linda! nem sei o que te dizer! não te vou dizer que é fácil porque eu confesso fartei-me de chorar! mas é mais fácil para eles que para nós e vais ver que daqui a uns tempos ele já lá fica todo feliz e contente!
uma beijoca grande e muita força

Lil disse...

custa mas depois passa :) e pensa que lhe faz bem conviver com outras pessoas... no fundo estou so a tentar que te distraias... poruqe deve custar como o caracas deixar o rebento entregue a estranhos.... mas vais ver que as horas passam num instante!

Slimiteca disse...

Olá!

Bem, deve ser uma daquelas fases em que doi imenso passar. Mas temos que ver que é para o bem deles! E concerteza o Xavier vai adorar a creche, afinal quem não gostou de lá andar ? :)

Beijocas!

Cristina e Omar disse...

Custa... custa muito!!! Mas a vida é assim.
No 1º dia chorei eu e no 2º chorou o papá do Vicente....

Anabela disse...

Olha ao contrario do que possa ser normal não me custou nada, ele sempre ficou bem e na verdade eu também.
Acho muito sinceramente que no dia 2 de Setembro vai custar mais porque ele tem a noção de onde está e quase de certeza que não vai querer ficar depois de mais de um mês com os pais... mas vamos ver, só a primeira semana é que deve ser mais complicada para ele.
Vais ver que mais uns dias e te vais sentir melhor, eles adoram aquilo.

Bjs

Lil disse...

Tetezita :) ainda nao deu frutos sabe Deus porque... se fores aqui vais percebendo... bjus
http://1grandeideia.blogspot.com/2008/04/estado-de-espirito.html

gasparzinha disse...

Custa imenso, é um aperto no coração, mas com o tempo fica menos dificil.
Beijinhos

{Estreladomar} disse...

ó miga... até eu fiquei de coração apertado ao ler as tuas palavras. Principalmente depois de dizeres que ele ficou no ovinho e o papá J. ter ficado emocionado.

Ai... ai... um dia também vai ser a minha vez.

Força querida...

pat07 disse...

Como sabes passei por isso à pouco tempo e custa mto, por mto que nos digam é impossivel controlarmos esta angustia da separação, mas à medida que o fores vendo ficar a sorrir e que ele está bem vai melhorar... O emu maridão tb se emocionou. E como é que ele se portou?