segunda-feira, 17 de março de 2008

De volta ao trabalho

Voltei hoje ao trabalho. Bem sei que ainda é cedo para o fazer mas em questões de custar deixar o Xavier com alguém acontecerá sempre independentemente do tempo que se passe em casa.

Nesta fase inicial e até Julho irá ser somente de manhã e enquanto isso o Xavier fica com a minha mãe que vive pertinho do meu trabalho e no caso de ser preciso alguma coisa, em 2 minutos chego lá.

Mas não imaginam (claro que imaginam todas as mamãs que já passaram por isto) o que me custou deixá-lo… e é com a minha mãe, que além de ter criado 4 filhos também criou 4 netos, mas dá sempre um aperto no coração na hora de virar costas e apesar de tudo a minha mãe já tem 70 anos e como tal paciência e agilidade para cuidar de crianças já não é muita por isso inscrevi o Xavier no infantário.

Fi-lo em Outubro de 2007 mas como nasceu este ano, só tem vaga para entrar no próximo ano lectivo, isto é, em Setembro de 2008, onde ficará durante todo o dia.

Nem quero pensar nisso porque aí é que irá custar MESMO!


10 comentários:

Mãe Polenta disse...

Menina! Já de volta ao trabalho!?

Fiquei assustada por você!!

Mas é assim mesmo, temos que nos adaptar.

como é a numeração de fraldas aí em portugal?
:*

beijo!

MariaVicente disse...

Tem que ser mamã, por mais que custe um dia temos que deixá-los com alguém. Ainda bem que tens a tua mãe por perto para ajudar nesta fase, penso que é melhor assim.
Bom regresso então.
Boa semana, beijo

Liliana disse...

Ó querida Tété sinceramente acho q custa igual :( O Rafa ficou a 1ª vez com a minha irmã e esse dia foi mto duro pa nós os dois:( e quando foi pa creche custou mais os dias em q ele ficava a chorar, ficamos com um aperto no coração o dia todo.
Mas mãe é assim mesmo sofre pela sua cria a todo o instante.

Bjos Liliana e seu anjo Rafael***

Anabela & Diogo disse...

Posso parecer uma péssima mãe em dizer isto mas nunca me custou deixa-lo como lia e pensei que custava. Talvez por ter estado sempre quase 7 meses com ele, embora nesse período tenha ficado algumas vezes com a bisa, talvez por nessa altura eu sentir necessidade de conviver com outras pessoas e dar "uso" ao meu cérebro, talvez por sentir que o meu mundo não se resumia a 4 paredes, fraldas e leite, talvez por isto tudo junto no dia que o deixei para ficar na creche senti-me bem embora inevitavelmente não deixasse de pensar nele.
Sou muito sincera e nesses 7 meses quando teve de ficar com a bisa também não me custou fazê-lo embora claro estivesse sempre "presa" em pensamento.
Serei má mãe por pensar assim? Não sei, penso que não. Se o dinheiro me caísse do céu e pudesse estar em casa sem trabalhar é claro que iria cumprir essa tarefa com muita satisfação mas infelizmente tenho de trabalhar, como tal sinto-me muito bem em fazê-lo.
Quanto à creche no caso dele foi a melhor coisa mesmo. Adaptou-se tão bem que nunca mais quis saber de mim desde que entrou lá :)
E o convívio com outros meninos tem feito com que ele se desenvolva. Além de que as educadoras acabam por puxar por eles se calhar mais do que nós estando um dia inteiro em casa. Agora nesta sala de 1 ano é que se nota isso porque todos são maiores, andam e muitos já falam o que o tem feito desenvolver mais ainda a fala. Sinceramente acho que quando vires ele a ficar na creche e já nem sequer olhar para ti e querer é brincar com os outros meninos te irá dar outra tranquilidade porque sabes que fica bem entregue.

Não sofras por antecipação, ainda falta ;)

Maria José disse...

Já de volta Tete, não tens 4 meses de licença?
bjs

Familia Paiva Alvo disse...

Oh Linda já!!!! Porquê????
Espero que corra tudo bem!
A mim custou-me deixá-lo, mas não muito, porque o deixei com a minha mãe!
Vai correr tudo bem!!! beijocas....

Mara disse...

Voltaste tão cedo ao trabalho... mas se calhar tinha mesmo que ser. Pelo menos vai ficando na avó uns bocadinhos, que também é saudável para ti e para o Xavier. Mas imagino como deves ficar com o coração apertadinho...
Beijinhos grandes

Mimi disse...

ja a trab...
:)
novo video da semana!!
debate aberto!
conto ctg!
bjos

di disse...

oh linda, pelo menos estás pertinho dele, não é?
beijo grande

Lara

Aline e Rafaela disse...

Nossa, já voltou ao trabalho!!!
Já me doi em pensar nisso!!!
Deve ser uma dor imensa mesmo!!

Bjs