sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

As mais longas 36 horas da minha vida

Aviso desde já, para que não percam a paciência, porque o relato do parto, que passo a descrever, será looooongo mas não deu para abreviar mais afinal torna-se impossível resumir tantas horas ;-)

No dia 2 de Fevereiro fui ao Hospital S. Sebastião fazer a avaliação do estado da gravidez e fazer o CTG.

Levava comigo uma carta dirigida a uma colega da minha médica, já que esta tinha sido operada de urgência a um pulso e não estava de serviço.

A médica que se encontrava de serviço já tinha indicações da minha médica para me internar dada a não evolução do parto e das 41 semanas de gravidez que completava no dia seguinte.

Mais uma vez, após avaliação, nada de dilatação apesar de acusar contracções no CTG mas sem qualquer dor.

Eram 10 horas quando recebi indicações que iria ser internada para procederem à indução do parto.

Introdução de ocitocina por via vaginal e informação que teria que esperar para que o colo do útero começasse a dilatar… e aqui começaram as longas 36 horas de espera!

Durante todo o dia e após várias visitas da médica e apalpação nada de novo.

Por volta da meia-noite a médica voltou a dizer que não haviam alterações e que iríamos esperar pela manhã.

Entretanto começaram as dores das contracções que eram regulares e algo intensas mas suportáveis já que a duração das mesmas não excediam os 2 minutos.

No dia seguinte, por volta das 8,30 horas chamei a auxiliar de serviço para me chamar a dita médica, já que sabia que esta deixaria o serviço às 9 horas e gostaria de saber como estavam as coisas e quais seriam os procedimentos a adoptar para as próximas horas.

Nisto a auxiliar diz-me que haviam casos e, segundo o protocolo do hospital, em que a indução poderia se estender até os 3 dias.

Mal ouvi isto entrei em pânico e a pobre coitada da auxiliar é que me ouviu!

Exigi que a médica me visse com urgência já que se fosse para estar lá tantos dias preferia ir para casa!

Como previa, a dita médica deixou o turno sem me ver… fiquei FULA!!!

Felizmente tive a sorte de ter entrado outra médica que já me conhecia, como paciente da Dra. M. e simplesmente foi um amor comigo!

Explicou-me que já que não tinha evoluído nas passadas 24 horas iriam proceder à indução mais uma vez, somente por 6 horas, e que se entretanto as coisas não evoluíssem para ficar descansada porque o Xavier nascia nesse dia, quer fosse por via normal ou por um atalho!

Confesso que aí fiquei mais descansada e até acabei por brincar com ela dizendo que a equipa que me internou tinha sido tão má que me colocaram num quarto em que a janela dava para um coberto e que a distância era tão curta que, mesmo que eu me quisesse suicidar, não conseguia! LOL

14 horas e nada de novo… indicação da Dra. R. que iríamos avançar para cesariana.
Eu já estava por tudo e, apesar de preferir sempre parto normal, o mais importante era que tudo acabasse rápido e que o meu Xavier nascesse com saúde.

Às 16 horas recebo a visita de outra médica, também conhecida, e que me resolve enfiar a mão pela centésima vez e quase até às goelas!

Disse-lhe num tom de DESESPERO que se iriam fazer cesariana não havia necessidade de me magoar tanto mas ela pura e simplesmente ignorou o que eu disse e nisto rebentam-me as águas!

Peço desculpa a todas as mamãs que ainda não pariram, salvaguardando que cada caso é diferente, já que não quero assustar ninguém com a minha experiência ;-)

Nem imaginam a quantidade de líquido que saiu… foi tanto que a minha barriga ficou em metade!!!

Afinal aquela mega pança não era só do Xavier mas também da quantidade enormíssima de liquido amniótico que tinha.

Águas rebentadas e indicação que estava com 4 cms de dilatação.

Alteração de planos e indicação que me iriam levar para a sala de dilatação, resumindo, parto normal à vista!

Fiquei feliz mas um pouco apreensiva já que me tinha mentalizado sobre a cesariana mas fazer o quê?! Que seja normal já que esse sempre foi o meu desejo.

Já na sala de dilatação fui recebida por uma enfermeira e pelo anestesista que foi super profissional comigo e apesar de estar com receio sobre a epidural não senti nada mais do que uma ligeira picada.

O anestesista informou-me que a dosagem da epidural era controlada por mim e deixaram um botão em que eu carregaria sempre que sentisse necessidade de uma dose.
Ainda estive sem clicar no botão por quase 2 horas, naquela de tentar ser uma mulher forte e achar que aguentaria um parto normal sem epidural.

Mas às 19 horas olhei para o botão e ele para mim e pensei: mas afinal eu estou aqui a sofrer para quê?! E tudo poderia mudar à distância de um click!

Pensei para mim: por acaso Tété, deixa-te de ser tolinha e injecta-te lá… 5 minutos depois foi como se estivesse deitada em plena praia tropical a beber uma água de cocô!!!

Só dizia o quanto adorava a bendita pessoa que inventou a epidural!!!

Nesta fase as contracções eram intensas e de 5 em 5 minutos e até pensei que o trabalho de parto estivesse a evoluir mas que nada!!!

Às 21 horas chega a Dra. C. e mais uma apalpadela, desta vez sem dor, e indicação de que a dilatação não tinha evoluído e que iríamos partir para uma cesariana.

Em tom de brincadeira disse que ainda faltavam algumas horas para o fim do dia e que se finalmente seria desta mas segundo a expressão da médica apercebi-me que finalmente seria através de uma cesariana que o Xavier iria nascer.

Como eu já estava mais que preparada só tive que aguardar para que a equipa se reunisse e se preparasse.

Às 22 horas lá fui transferida para o bloco… estava a poucos minutos de conhecer o meu amado filho e aí começou o friozinho na barriga!

Já no bloco e colocada tipo Jesus Cristo na cruz, com um braço para cada lado, lá começaram a proceder à cesariana.

Antes de começarem fiquei tão nervosa que perguntei ao anestesista se iria sentir alguma coisa em que este me respondeu que sentia mas não teria qualquer dor.

Para evitar que o stress em que estava aumentasse, comecei a cantarolar e a imaginar-me num local paradisíaco e fi-lo em voz alta pondo toda a equipa a brincar comigo e, como estávamos em época de Carnaval, nada melhor do que nos imaginar-mos em pleno Rio de Janeiro a sambar!

Passado 5 minutos ouvi o meu filho chorar… foi o momento mais mágico que eu já alguma vez tive nos meus 32 anos de vida!

Somente quem passou por isso sabe e entende este sentimento magnífico que não dá para expor, somente sentir!

O choro dele era tão meigo que comecei logo a chorar com tanta emoção.

A Dra. C. disse que ele tinha uma cabeça tão redondinha que era mesmo ideal para sair por parto normal mas que tinha sido bem teimoso e malandrito.

Perguntei inúmeras vezes se ele era perfeitinho e o anestesista espreitou e disse que sim passando a mão dele no meu ombro para me tranquilizar!

Ele nasceu às 22,13 horas, com 3.700 kgs, 53,5 cms e com índice de APGAR 9 no 1º minuto e 10 no 5º minuto.

Entretanto levaram-no para a sala do recém-nascido e começaram a proceder à preservação das células estaminais e depois a fecharem-me, em que mais uma vez a Dra. C. saiu-se com uma brincadeira dizendo que eu tenho um útero maravilhoso para ter filhos por isso para pensar em ter outro daqui a 2 anos.

Respondi que deveria mesmo ser mesmo bom já que o Xavier não queira sair de forma alguma.

Depois levaram-me para o recobro onde pedi para me trazerem o Xavier porque queria amamentá-lo enquanto estava com o efeito da anestesia e sem dor.

Mal o trouxerem ele agarrou a mama de uma forma que parecia que já o tinha feito umas 100 vezes! Incrível como é a natureza e o instinto!

Naquele momento foi como se tudo à volta tivesse parado… foi tão lindo e um momento somente nosso!

Já no quarto onde iria ficar internada, na cama 611, começou a passar o efeito da anestesia e aí as dores foram HORRÍVEIS!!!

Deram-me medicação mas mesmo assim não preguei olho toda a noite com as dores que ficavam cada vez mais intensas.

Entretanto já quase a amanhecer consegui fechar um pouco os olhos e descansar por 2 horas.

Às 9 horas recebo a visita da enfermeira, viu a sutura que aparentemente estava bem e em seguida mandou-me levantar com calma.

Sentei-me na cama e depois na cadeira ficando assim por uns instantes.

Depois lá me levantei a MUITO CUSTO para ir ao wc.

Confesso que me custou imenso mas segundo a indicação da enfermeira quanto menos eu me mexesse pior seria a recuperação como tal pôs as perninhas no chão e toca a esforçar-me já que queria ficar ali o menos tempo possível!

De resto foi tudo calmo e tranquilo com as dores normais da recuperação de uma cesariana mas como todas as mamãs sabem, basta um olhar para esta criatura maravilhosa que tudo se esquece!!!

Obrigada a todas as que por nós torceram ao longo desta nossa caminhada para nos tornarmos papás!

Finalmente podemos dizer que:

OS MILAGRES ACONTECEM!

(FOTO RETIRADA)


28 comentários:

Ana e Kiko disse...

K Lindo.
Kem lê n pode ficar impressionada pk cada casa é um caso, o meu foi horrivel, mas tb já ouvi piores. Temos é k ter sempre pensamneto positivo.
O teu principe é Lindo. Parabéns.

Lil disse...

isso é que foi esperar! O teu relato assusta um bocadinho, mas filhos paridos dores esquecidas :)

Sofia e Pedro disse...

Olá minha querida mamã, obrigada por partilhares o teu momento connosco!
Mas, o que importa mesmo é que o teu filho é lindo e respira saúde!
Beijinhos e bom fim-de-semana,Sofia,Pedro e Joana

Maria disse...

Realmente, amiga, que saga! Mas o importante é mesmo o resultado final, que é teres nos teus braços o teu Xavier, o resto é uma recordação do dia mais importante da nossa vida.

Tens um miminho no meu blog

Beijocas e bom fim de semana (apesar do mau tempo)

Maria Pereira

MariaVicente disse...

As mais belas 36 horas, eh eh eh
Ele está lindo, acho que as minhas filhas vão gostar de trocar telefone com ele.
Beijinho e tudo de bom

Kapejo disse...

Confesso que as lágrimas me vieram aos olhos aio ler o teu relato.

Parabéns! Mereces tudo de bom.
Beijinhos para os 3!

Cat e Joãozinho

cacausp disse...

Tete
O Xavier está liiiiiiiiiiindo!

bjs

Anabela & Diogo disse...

E que relato...
Olha eu tem coisas do meu parto que nunca fui capaz de contar para não traumatiza futuras mamãs que ainda por isso fossem passar. Mas agora que já tiveste o teu posso dizer e afirmar que o meu proximo filho não o apanham no HSS, isso para mim é ponto acente!

Bjs

di disse...

Mais uma vez parabéns ,querida. Apesar de tantas horas, isso esquece-se tudo, e o teu Xavier á lindo! beijoquinhas
Lara

sonia disse...

Lindo, lindo o Xavier!!1 podes babar á vontade pq o teu pequeno principe é mmo lindo!

Ainda bem que já te consegues movimentar melhor e que está tudo bem com ele.

Beijocas grandes.

Mae Princesa disse...

Ele é lindo!!! E acredita que as dores que tiveste foi das horas que te fizeram sofrer, eu sou tão contra isso!! Do 1º parto tive 8h, tive muitas dores depois da cesariana e do 2º com cesariana electiva, estive como nova logo passado 3 horas!!!Bjocas!

Maria José disse...

és uma mulher de coragem, neste momento só me ocorrem estás palavras,
bjs

kel disse...

Isso é que foi! tanto tempo! o rapaz não queria mesmo sair! estva ai tão bem! o mais importante é que ele nasceu forte e saudavel e que tudo correu bem. Mais uma vez parabéns minha linda, o teu filho é lindo!

patrícia disse...

Confesso que estou bastante emocionada com o teu relato... e só me ocorre dizer: LINDO!!! Lindo que é o vosso Xavier, lindo que é esse Amor maior. Parabéns, querida!

Os milagres acontecem e tu mereces o teu.

Beijocas

Alex e Carla disse...

Tété, parabéns pelo Xavier, a luta é grande mais essa criaturinha linda compensa, né?! Bjos e tudo de bom!

Sandra disse...

Apesar de terem sido tantas horas, tudo se esquece e agora tens o teu lindo menino nos braços!
Beijinhos
Sandra

Familia Paiva Alvo disse...

Oh amiga junta-te ao grupo...eu tb estive na mesma situação que tu!
Entrei quinta-feira às 8h30 e o Martim nasceu às 17h10 de Sexta!!!
Sei bem o que isso custa!!!
Mas valeu a pena que ele é lindissimooooooooooooooooooooooooooo

Anja nega bia disse...

amiga dei uma passadinha rapida nao tive como ler tudo mas volto para ler tudinho!!!
bjuxxx

Juli disse...

Tete, confesso que não pude ler todo o texto, depois passo com mais calma!
Bom saber que vocês estão bem!
O Xavier é lindão :)

bjos
Juli

Mara disse...

Adorei ler o teu testemunho... e valeu mesmo a pena! Tudo! O Xavier é lindo!
Beijocas grandes

O PIRATA JOÃO disse...

obrigada pela partilha, adorei ler-te

um grande beijinho

Mãe da Tiz disse...

E que lindo milagre!!!! O teu relato fez-me relembrar o meu em algumas coisas... O que interessa é que eles fiquem bem!

Beijocas

Xana, mamã de um lindo menino disse...

Mulher coragem, parabéns pelo Xavier que é lindooooo, o relato do parto é um pouco assustador, fazerem te sofrer durante tantas horas quando podiam ter-te feito a cesariana logo mas importante é agora está td bem.

Beijinhos grandes para vçs;)

Mãe Polenta disse...

Querida Tété!
Estou de volta do baby blues, visitando as amigas e seus bebês.
Li seu relato... é mto sofrimento para um parto! Afff...
veja a diferenca pro meu né?
:)

"Mal o trouxerem ele agarrou a mama de uma forma que parecia que já o tinha feito umas 100 vezes! Incrível como é a natureza e o instinto!"

Essa parte realmente é impressionante! É muito bom! Muito gratificante!
um beijo em vcs dois!
Fran

Mimi disse...

k maravilha!!
e tao bom ver k os sonhos se realixam... por + dificil e longo o caminho :)
parabens + 1x!!!
bom fds!
ps: n te eskecas de pagar os selinhos k te ofereci tao la no blog.
bjs

sandrangel disse...

k realto lindo...
ate me emocionei...

parabens miguxa

Mónica Amaro disse...

amiga o xavier é lindo parabens

Liliana disse...

Por momentos lembrei-me da minha indução, só q graças a Deus tudo evoluiu para um parto normal.

Realmente ñ há nada mais lindo q aquele momento em q vemos o nosso bébé pela 1ª vez:)

Bjos Liliana e seu anjo Rafael***